Maurício Rocha e Silva nasceu na cidade de São Paulo, no ano de 1910. Já médico e farmacologista, em 1940 utilizou  o veneno de jararaca num experimento em que observou que, ao reagir às enzimas do veneno da serpente, o organismo humano libera uma substância chamada bradicinina, um potente vasodilatador. 

A partir de 1970, a bradicinina passou a ser amplamente usada nos principais medicamentos para o controle da hipertensão, condição que segundo a Organização Mundial da Saúde, já atinge ⅓ da população mundial. Esses remédios representaram uma mudança radical na expectativa e qualidade de vida das pessoas com pressão alta.

Viu só como o investimento em ciência gera saúde para a população?

Ciência gera desenvolvimento. Compartilhe essa ideia!


Baixe e compartilhe o vídeo:


Créditos do Projeto