pt_BR

Data: 15 de dezembro de 2020

Local: www.abc.org.br/transmissao

POVOS TRADICIONAIS, SAÚDE, EDUCAÇÃO, MEIO AMBIENTE: AVALIANDO 2020 E PREPARANDO 2021

 

Em 2020, o impacto da pandemia da COVID-19 sobre a saúde, o emprego, a educação e os comportamentos foi maior nos grupos socialmente vulneráveis, inclusive os povos tradicionais, que dependem essencialmente dos órgãos oficiais e da sociedade civil.

Na saúde, as perspectivas serão de enfrentamento de novos surtos da doença, da dificuldade de produção e distribuição de vacinas em larga escala, de acompanhamento dos pacientes sequelados pela COVID-19 e dos doentes crônicos desassistidos durante a pandemia, além do combate à insegurança alimentar.

Na educação, embora a crise possa gerar novas oportunidades e levar a reflexões importantes para o futuro da educação no país, a pandemia certamente agravou os problemas pré-existentes relacionados à gestão e ao financiamento de todo o sistema educacional.

O meio ambiente teve perdas marcantes. Incêndios devastadores no Pantanal destruíram em torno de 30% da sua biodiversidade. Na Amazônia, o desmatamento atingiu a pior marca em 12 anos. Garimpos ilegais proliferaram no interior de unidades de conservação e terras indígenas, enquanto as operações de fiscalização foram flexibilizadas. O Brasil perdeu o protagonismo nas discussões sobre as políticas de combate às mudanças climáticas no cenário internacional.

A superação das adversidades impostas pela pandemia está intimamente atrelada à retomada de investimentos na ciência e seus institutos. O comprometimento pelo poder público é urgente e necessário para reverter essas trajetórias. O que esperar para 2021?

Para debater essas questões e responder a essa pergunta, a Academia Brasileira de Ciências convidou: Maria Teresa Piedade, Bruno Gualano, José Alexandre Diniz Filho e Mercedes Bustamante.

O jornalista Rafael Garcia, do jornal O Globo, será o debatedor.
Os moderadores serão o presidente da ABC, Luiz Davidovich, e a Acadêmica Mercedes Bustamante.

(A palestrante Manuela Carneiro da Cunha foi impedida de participar por motivos de saúde, sendo gentilmente substituída por Mercedes Bustamante)

 


Faça sua inscrição para receber seu certificado de participação!
Assista ao nosso webinário em: www.abc.org.br/transmissao.

A emissão do certificado de participação acontecerá em até 30 dias úteis.


 

SERVIÇO
Evento: WEBINÁRIOS DA ABC – CONHECER PARA ENTENDER ED. 31 | POVOS TRADICIONAIS, SAÚDE, EDUCAÇÃO, MEIO AMBIENTE: AVALIANDO 2020 E PREPARANDO 2021
Data: 3ª feira, 15/12/2020
Hora: 16h (GMT-3)
Local: www.abc.org.br/transmissao

 


Perdeu os webinários da ABC anteriores? Assista aqui!


 

  • Maria Teresa Piedade
    Pesquisadora titular do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). Coordena o Programa de Pesquisas Ecológicas de Longa Duração do Grupo Ecologia, Monitoramento e Uso Sustentável de Áreas Úmidas e a cooperação Brasil-Alemanha entre o Ministério de Ciência e Tecnologia/INPA e a Sociedade Max Planck, em estudos de ecologia de áreas alagáveis. É presidente do Conselho de Administração do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM).  É membro titular da ABC e da Coalizão Ciência e Sociedade.

 

  • Bruno Gualano
    Professor associado da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), onde coordena o Grupo de Pesquisa em Fisiologia Aplicada & Nutrição. Pesquisa na área da fisiologia, com foco atual na COVID-19. Produz o canal de divulgação científica Ciência InForma e é colunista da Folha de S. Paulo. É membro da Coalizão Ciência e Sociedade.

 

  • José Alexandre Diniz Filho
    Professor titular da Universidade Federal de Goiás (UFG), onde foi pró-reitor de Pós-Graduação (2014-16). Trabalha nas áreas de macroecologia, genética e ecologia geográfica, planejamento em conservação e métodos filogenéticos comparativos. É membro titular da ABC e da Coalizão Ciência e Sociedade.

 

  • Mercedes Bustamante
    Professora titular da Universidade de Brasília (UnB), com experiência na área de ecologia de ecossistemas. Suas pesquisas são focadas nos temas: cerrado, mudanças no uso da terra, biogeoquímica, mudanças ambientais globais. Integrou o grupo de trabalho do Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC). Membro titular da ABC e da Coalizão Ciência e Sociedade.
    (A palestrante Manuela Carneiro da Cunha foi impedida de participar por motivos de saúde, sendo gentilmente substituída por Mercedes Bustamante)