pt_BR

De: 1 de outubro de 2018

Até: 5 de outubro de 2018

Local: Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) | Belo Horizonte (MG)

De 1 a 5 de outubro de 2018, em Belo Horizonte (MG), a Academia Brasileira de Ciências e a Academia de Ciências da Alemanha-Leopoldina promoveram, em parceria com o INCT-Acqua e o Centro de Pesquisas sobre Água e Meio Ambiente da Universidade de Duisburg-Essen (ZWU), o workshop “Sustainable Water Management in Mining and Post-Mining Landscapes”. A atividade contou com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig) e da Escritório Regional para a América Latina e Caribe da Academia Mundial de Ciências (TWAS-Lacrep).

Esta iniciativa se insere no escopo de uma cooperação bilateral desenvolvida pela ABC e Academia Leopoldina que, desde 2014, promove a cada dois anos um simpósio com jovens cientistas, tendo por foco a gestão sustentável dos recursos hídricos. Nesta ocasião, que contou com jovens cientistas do Brasil, da Alemanha, do Canadá, do Chile e do Peru, a temática foi a interface água-mineração, tendo sido abordados três subtópicos: medidas institucionais, medidas de prevenção e restauração, e medidas de controle.

Além dos três dias de atividades na Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais, também foram realizadas uma visita de campo à área do desastre de Mariana (MG) e uma excursão ao Instituto Inhotim, em Brumadinho (MG).

Um dos principais produtos gerados pelo workshop é um policy paper, produzido pelos jovens cientistas, que é publicado pelas duas Academias e circulado para gestores e formuladores de políticas públicas, agências de fomento e instituições científicas relevantes, com o intuito de ampliar a consciência e o apoio para as questões e tópicos de pesquisa identificados como prioritários. A previsão é que o policy paper seja lançado no primeiro semestre de 2019.

Programa
Perfil dos Participantes
Grupos Temáticos
Logística