O Acadêmico Vanderlei Bagnato, professor titular de física da Universidade de São Paulo (USP), participou de uma matéria do Bom Dia Brasil, da Rede Globo, em 18/9, sobre a propagação de fake news  em relação aos termômetros infravermelho. Segundo as notícias falsas que circulam pelas redes sociais, o equipamento causaria danos ao cérebro. Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o termômetro capaz de fazer medição da temperatura corporal por infravermelho passou a ser utilizado para a triagem de pessoas que apresentem sintomas na entrada de estabelecimentos.

“Não há evidencia nenhuma de que a luz emitida pelos termômetros possa estar fazendo, nesse nível de intensidade, qualquer efeito no cérebro ou em qualquer outra parte do corpo”, disse o Acadêmico ao repórter Rafael Castro, desmentido as informações sem evidência científica. “Deve-se evitar olhar diretamente qualquer luz laser independente de onde venha”, aconselhou o cientista.

Assista à matéria produzida pelo Bom Dia Brasil na íntegra.