Português > Notícias > Fiocruz e INCT-CPCT lançam primeiro Hackaton de divulgação científica em (...)


OPORTUNIDADE

Fiocruz e INCT-CPCT lançam primeiro Hackaton de divulgação científica em saúde

  • Compartilhe:

Publicado em 5/04/2018


A expressão hackaton é uma mistura dos termos em inglês to hack (de fatiar, quebrar) e marathon (maratona), geralmente utilizados para designar maratonas de programação computacional. A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Instituto Nacional de Comunicação Pública da Ciência e Tecnologia (INCT - CPCT), no entanto, buscaram expandir esse significado. A 1ª Hackaton de divulgação científica em saúde será uma maratona de desenvolvimento de projetos inovadores de divulgação científica, que podem ou não ter caráter tecnológico.

O projeto, que conta ainda com a parceria do Instituto D’Or e do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), vai reunir cientistas, jornalistas, designers, museólogos, educadores, pós-graduandos e qualquer outra pessoa interessada em elaborar projetos em divulgação científica em saúde. "Não se trata de um curso ou de uma aula, mas de um exercício prático, no qual a interação entre os participantes é que vai enriquecer o processo", define a comissão organizadora. Ao final, serão escolhidos dois dos projetos participantes cuja execução será financiada pela Fiocruz com recursos de até R$ 25 mil.

Partindo da premissa de que todo cidadão usa a ciência em seu dia a dia, o tema da maratona é: como as pesquisas científicas impactam a saúde da população e outros aspectos de sua qualidade de vida. A principal característica do evento é o "aprender fazendo". Por isso, a programação será composta por um grupo de palestras iniciais que pretendem provocar a reflexão. Mas, a partir daí, os participantes terão que botar a mão na massa em exercícios práticos que seguem a lógica do design thinking, uma ferramenta que combina empatia, criatividade e desenho de protótipos.

A comissão organizadora é composta pelas coordenadoras Luisa Massarani, coordenadora do Instituto Nacional de Comunicação Pública da Ciência e da Tecnologia, Vice-Presidência de Educação, Informação e Comunicação/ Fiocruz e Catarina Chagas, consultora do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino. Além delas, integram o grupo Rosicler Neves, do Museu da Vida/ Casa de Oswaldo Cruz/ Fiocruz e Marcello de Vasconcellos, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnologia em Saúde (ICICT/ Fiocruz)

Para mais informações como a programação completa e requisitos para participar, acesso o link.


(Ascom ABC com informações de Campos Virtual Fiocruz)



webTexto é um sistema online da Calepino