Página inicial > Membros > Acadêmicos > Elisaldo Luiz de Araújo Carlini


Elisaldo Luiz de Araújo Carlini (CARLINI, E. A.)

Ciências Biomédicas
Membro Titular
Ingresso em 4 de jun de 2003
Currículo
Link para a plataforma Lattes
E-mail

Filho de Francisco Araújo Carlini e Ana Ferreira Goyos Carlini, nasceu em 9 de junho de 1930. Aos 7 anos mudou-se para o extremo norte do estado de São Paulo num lugarejo chamado Pirajá, um lugar absolutamente sem recursos. Faz o primário na escola rural próximo àquele local e aos 11 anos muda-se para São José do Rio Preto onde termina o curso ginasial. Aos 15 anos muda-se para São Paulo, consegue emprego de office boy na empresa White Martins e faz o curso científico noturno no Colégio Estadual Caetano de Campos. Em 1952, entra na Escola Paulista de Medicina, graduando-se em 1957. Desde o 2º ano do Curso Médico faz estágio no Departamento de Bioquímica e Farmacologia, sendo orientado pelos professores José Ribeiro do Valle  e José Leal Prado . A partir de 1958, fica trabalhando na disciplina de Farmacologia e, em 1960, ganha bolsa da Fundação Rockefeller no Departamento de Bioquímica da Tulane University, EUA (1960) e no Departamento de Farmacologia da Yale University, EUA (1961-1964). Retorna ao Brasil em 1964, assume a chefia da Seção de Fisiologia Animal do Instituto Biológico de São Paulo (por 6 meses). No início de 1965, passa a chefiar a disciplina de Farmacologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. Em 1970, retorna à Escola Paulista de Medicina com o título de Professor Adjunto, onde fundou o Departamento de Psicobiologia e chefiou a disciplina de Psicofarmacologia. Em 1978, é aprovado no concurso para professor titular. Continua exercendo as atividades em regime de dedicação exclusiva como chefe da disciplina de Psicofarmacologia e Chefe do Departamento de Psicobiologia até 1995, quando assume o cargo de Secretário Nacional de Vigilância Sanitária do Ministério da Saúde, onde permanece até março de 1997. Retorna à Universidade Federal de São Paulo (antiga Escola Paulista de Medicina) onde, como professor aposentado, exerce atividades de pesquisa e ensino para a pós-graduação em tempo integral e dedicação exclusiva até o presente. Tem próximo de 3 centenas de trabalhos científicos publicados, cerca de 50% em revistas internacionais. Orientou cerca de 17 teses de mestrado e 24 teses de doutorado, até o presente. Participando de dezenas de bancas em concurso público para docentes universitários e dezenas de bancas para defesa de teses de mestrado e doutorado. Vem orientando teses de mestrado e doutorado, pesquisas no campo de plantas brasileiras com ação no sistema nervoso central e também desenvolvendo pesquisas sobre substâncias psicoativas e principalmente exercendo trabalhos de levantamentos a nível nacional sobre o consumo ilícito destas drogas.




webTexto é um sistema online da Calepino