Português > Notícias > ABC na ExpoT&C da SBPC


ABC na ExpoT&C da SBPC

  • Compartilhe:

Publicado em 2/08/2017

Realizada na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) teve cerca de 6,5 mil inscritos de todos os estados brasileiros. Somados os inscritos, os estudantes do ensino básico e a participação de toda a comunidade, o evento recebeu mais de 15 mil pessoas durante a semana de 16 a 22 de julho. Foram 500 os alunos da UFMG que se ofereceram como voluntários para dar apoio ao evento e mais de 1.200 crianças da rede municipal de Belo Horizonte frequentaram as tendas da ExpoT&C e da SBPC Jovem a cada dia.

Ciência para a sociedade

É disso que trata a exposição de ciência e tecnologia – a ExpoT&C - montada todos os anos numa imensa tenda, durante as reuniões anuais da SBPC, que acontece em uma cidade diferente a cada ano. A próxima, em julho de 2018, será na Universidade Federal de Alagoas (UFAL).

O espaço de divulgação científica reuniu diversas instituições, dentre as quais algumas fundações de amparo à pesquisa dos estados, a Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), a Marinha do Brasil, a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Academia Brasileira de Ciências (ABC).

O estande da ABC disponibilizou a navegação orientada no site da Academia e no site ProfiCiência, construído pela Assessoria de Comunicação (Ascom ABC) em parceria com a Fundação de AMparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro Carlos Chagas Filho  (Faperj), destinado a apresentar as carreiras científicas para jovens estudantes do ensino médio ou do início da graduação.

Na avaliação da equipe da Academia que recebeu os visitantes, o estreitamento do contato entre público e os pesquisadores é fundamental para que a sociedade se dê conta de que a ciência está no dia a dia e precisa ser defendida por todos. “Vi crianças, adolescentes, adultos e idosos admirados com a capacidade intelectual e com os feitos de cientistas brasileiros. Ao receberem o gibi com a história de 18 grandes pesquisadores nacionais, a maioria se mostrou instigada a conhecer mais sobre o trabalho dessas personalidades e pela ciência produzida hoje no país”, observou a jornalista Aline Salgado. “Foi a primeira vez que participei desse evento. Tive a dimensão prática da importância da comunicação pública da ciência, pois ficou claro o interesse do público pela ciência brasileira. Só que, para muitos, a ciência e os cientistas são vistos ainda de forma distante, descolados de suas realidades”, destacou.

A maioria das pessoas que passou pela ExpoT&C pouco conhecia as ações da ABC e muito se interessaram em receber o boletim semanal e acompanhar os eventos abertos da Academia, realizando o cadastro no momento da visita ao estande. O site Proficiência gerou um interesse ainda maior, pois muitos jovens têm dúvidas sobre a carreira a seguir, mesmo entre os que já escolheram um curso de graduação. Para estes, era apresentado também o Programa Aristides Pacheco Leão de Apoio a Vocações Científicas.

De acordo com a analista de projetos Fernanda Wolter, já conduzindo a visitação no estande da ABC pela terceira vez, adolescentes e adultos eram atraídos pelo ProfiCiência e diziam que iriam apresentar o site para outros jovens. “Muitos professores se mostraram interessados em apresentar nosso material para suas turmas nos colégios”, acrescentou Fernanda. Ela observou que muitos adolescentes que visitaram o estande da ABC eram de colégios técnicos, mas tinham interesse em fazer faculdade e não sabiam que curso escolher.

Para o estagiário de audiovisual das ABC Bruno Ribeiro, que gravou depoimentos de visitantes, o público foi bastante receptivo ao caráter lúdico e ilustrativo do estande. Vídeos do ProfiCiência e de parceiros, como a série Um Cientista, Uma História, do Canal Futura/SESI] e a série Ciência Explica, do Laboratório de Interatividade da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar) passavam em três televisões e um terminal touch screen continha o e-book (para Android ou IOS), com informações e jogos relacionados a cientistas brasileiros. Bruno ressaltou que o material impresso foi amplamente divulgado pelo boca a boca dos visitantes. “Em pouco tempo passamos a receber visitas buscando pelo material - em especial pela revista com os 18 cientistas - comprovando a enorme carência por esse tipo de conteúdo."

Fernanda Wolter destacou, ainda, a visita de Acadêmicos, como o próprio presidente, Luiz Davidovich , o vice-presidente João Fernando Gomes de Oliveira , o vice-presidente da ABC Regional Sul João Batista Calixto , Adalberto Val , Carlos Jolky, Carolina Cotta, Gustavo Menezes, Paulo Sérgio Lacerda Beirão , Renato Machado Cotta , Umberto Cordani, entre outros. “Recebemos vários membros da Academia. O estande da ABC serviu como ponto de encontro deles, um local para sentar, guardar suas coisas e conversar. Pode ser muito mais usado pelos Acadêmicos nos próximos anos”, salientou.

“Foi produtivo e interessante entrevistar diferentes públicos, porque pudemos ter uma percepção direta e melhor do público alvo da feira”, contou a estagiária de jornalismo Thaís Soares, que participou também pela primeira vez de uma reunião da SBPC. Ela ainda assistiu diversas palestras e produziu matérias.

Veja as matérias da ABC sobre algumas das palestras do evento.

Abertura da 69ª Reunião da SBPC foi marcada por emoção e discursos em defesa da ciência
Na noite de domingo, 16 de julho, foi dado início ao maior evento científico da América Latina. O encontro gratuito e aberto ao público foi até o dia 22 de julho, na UFMG. Além de dezenas de palestras de Acadêmicos, a ABC marcou presença no evento com um estande na ExpoT&C.

O conhecimento multi, inter e transdisciplinar
Em palestra na UFMG, durante a 69ª Reunião da SBPC, os Acadêmicos Evando Mirra e Esper Cavalheiro traçaram um panorama dos novos caminhos do saber sem fronteira. O sociólogo José dos Santos também compôs a mesa de debates.

"PD&I se faz com mais participação da iniciativa privada", diz Jorge Guimarães
Em palestra na 69º Reunião Anual da SBPC, o presidente da Embrapii apresentou um panorama dos impactos da ciência brasileira no mundo e afirmou que, para atingir melhores posições, país precisa investir bem mais que 1% do PIB em ciência.

Nanociência feita no Brasil
Membro titular da ABC, o físico Ado Jório falou sobre o desenvolvimento da nanotecnologia no país. Ele ressaltou a importância das parcerias internacionais, da produção autônoma de ciência e de um projeto político que veja a pesquisa como moinho da economia.

Ressonância magnética funcional: um aliado para os estudos do cérebro
O método não invasivo vem contribuindo para o avanço nas pesquisas sobre doenças neurais. Membro titular da ABC, o neurologista Fernando Cendes  contou sobre os estudos na área, durante palestra na 69ª Reunião Anual da SBPC.

O SUS que faz pesquisa
A atenção primária à saúde deve também produzir ciência. Este foi o tema de debates da mesa-redonda do último dia de palestras da 69ª Reunião Anual da SBPC, que reuniu os Acadêmicos Carlos Morel e Maurício Lima Barreto.

Zika vírus: biologia estrutural e desenvolvimento de novos antivirais
O Acadêmico Glaucius Oliva  fez palestra na Reunião Anual da SBPC deste ano sobre pesquisa coordenada por ele que detectou a estrutura da proteína básica do vírus da zika.

Sistemas de inovação e startups: geração e transferência de tecnologia
Em palestra durante a 69ª Reunião Anual da SBPC, o Acadêmico Evaldo Vilela  falou sobre o crescimento das startups e como elas podem trazer benefícios para a produção científica e para a inovação do país.

Formação do estudante universitário para o protagonismo e a autonomia
O Acadêmico Luiz Bevilacqua  conduziu debate sobre os desafios para a transformação do ensino superior brasileiro, como novas formas de lecionar e a introdução do estudante na construção do ensino, durante a 69a Reunião Anual da SBPC.

Inovação e abertura de mercado
O vice-presidente da Regional SP da ABC Oswaldo Alves coordenou mesa que discutiu os principais desafios para a inovação no país e o papel que esse setor da ciência tem na sociedade e na economia.

Ética na ciência
A Acadêmica e presidente de honra da SBPC, Helena Nader , coordenou debate com a presença do também Acadêmico Carlos Henrique Brito Cruz sobre má conduta científica, fraudes e o papel da ética no universo da pesquisa.

Educação superior para o mundo contemporâneo
Transdisciplinaridade foi o conceito mais amplamente citado no debate que discutiu os caminhos do ensino superior no país, com presença do Acadêmico Carlos Henrique de Brito Cruz  , da Fapesp, o reitor da Universidade Estácio, Ronaldo Mota e Klaus Kapelle, reitor da UFABC.

Mulheres e sociedade
Debate durante a 69ª Reunião Anual da SBPC reuniu mulheres de diferentes áreas da ciência e da política do país para discutir estratégias de mobilização para a inserção da mulher no espaço científico.


(Elisa Oswaldo-Cruz para NABC)


Notícias


Rua Anfilófio de Carvalho, 29/3º
Centro - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
Cep: 20030-060

[+55] (21) 3907-8100

[+55] (21) 3907-8101

Fale conosco

webTexto é um sistema online da Calepino