Nesta quinta-feira, 10 de setembro, às 16h, a vice-presidente da ABC, Helena B. Nader, participa como debatedora do painel “Equidade em saúde global no contexto da pandemia”. A atividade é organizada pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) e tem Michael Marmot, diretor do Institute of Health Equity, como conferencista. Gulnar Azevedo, presidente da Abrasco, também participa do debate, que conta com a coordenação de Paulo Buss, da Fiocruz.

A transmissão será pelo You Tube: https://www.youtube.com/user/tvabrasco/

O painel faz parte da iniciativa Ágora Abrasco – Especial Coronavírus, uma programação de quarta a sexta-feira, sempre às 16 horas, com  atividades diversificadas transmitidas pela internet com o objetivo de acompanhar o desenvolvimento da pandemia, compreender fenômenos e propor respostas. Em todas as atividades, o público pode interagir com perguntas, dúvidas e comentários por meio do chat do YouTube.

Desde o início da pandemia de COVID-19, a ABC vem intensificando sua atuação em iniciativas que abordam a equidade em saúde. Em abril, a ABC e outras mais de 200 instituições de todo o mundo encaminharam uma Carta Aberta à Organização das Nações Unidas (ONU) manifestando profunda preocupação com o impacto da pandemia entre populações já vulneráveis ​​e marginalizadas. A carta levou a discussões com a Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre como trabalhar em conjunto para enfrentar os desafios apresentados, culminando com o lançamento do Movimento de Equidade Sustentável em Saúde.

Sobre a Abrasco

A Abrasco foi criada em 1979 com o objetivo de atuar como mecanismo de apoio e articulação entre os centros de treinamento, ensino e pesquisa em Saúde Coletiva para fortalecimento mútuo das entidades associadas e para ampliação do diálogo com a comunidade técnico-científica e desta com os serviços de saúde, as organizações governamentais e não governamentais e a sociedade civil. A Associação apoia e desenvolve projetos, seminários, oficinas e realiza os maiores congressos da área na América Latina. Ao longo de sua atividade, a Abrasco participou e segue presente em diversos espaços de representação social, como o Conselho Nacional de Saúde (CNS), Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM), e fóruns de Ciência e Tecnologia, mantendo voz ativa na formulação e no monitoramento das políticas públicas de saúde, de educação e de ciência e tecnologia.