O Programa Aristides Pacheco Leão de Estímulo a Vocações Científicas (PAPL) foi criado pela Academia Brasileira de Ciências (ABC) em 1994 para oferecer a universitários vocacionados para a atividade científica a oportunidade de estagiar em laboratórios dirigidos por membros titulares da ABC, com linhas de pesquisa definidas e reconhecidamente produtivas. 

O nome do programa é uma homenagem ao eminente neurofisiologista professor Aristides Pacheco Leão, que presidiu a ABC entre 1967 e 1981. Em 1993, tornou-se presidente emérito, em homenagem póstuma.

Até 2004, foi apoiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Interrompido entre 2005 e 2014, o PAPL foi reeditado em 2015, com uma primeira rodada coordenada pelo Acadêmico Wanderley de Souza. Em 2016 e 2017 foi coordenado pelos Acadêmicos Guilherme Suarez-Kurtz e Flávia Lima Ribeiro Gomes. A vice-presidente da ABC – Regional Rio, Lucia Mendonça Previato, coordenou a edição de 2018.

Nestes últimos anos, foi patrocinado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Após a edição de 2019, o programa foi novamente descontinuado, por falta de apoio financeiro.

Em 2022, o programa retornará com o patrocínio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Veja reportagem sobre o acordo da fundação com a ABC que permitirá o relançamento. Em caso de dúvidas e sugestões, enviem mensagem para papl@abc.org.br.

INSCRIÇÕES ABERTAS PARA O VERÃO DE 2023. Atenção ! Alunos de graduação matriculados em instituições universitárias do estado de São Paulo, devem clicar aqui. Alunos de graduação matriculados em instituições universitárias do restante do Brasil, devem clicar aqui.

Leia depoimentos de estudantes contemplados pelo Programa

Clique nas imagens abaixo para saber mais sobre as edições de 2018 e 2019 e ler depoimentos.