Carlos Alberto Aragão de Carvalho Filho

Carlos Alberto Aragão de Carvalho Filho
Id 80
Nome Científico De Carvalho, C. A. A.
E-mail aragao@if.ufrj.br
Profissão Físico
Área de Especialização Ciências Físicas
Categoria Titular
Data de ingresso na ABC 15/03/1993

Nascimento

Data 00/00/0000
Cidade Rio de Janeiro
Estado/Província Rio de Janeiro , RJ
Pais Brasil

Endereço

Rua Marquês de São Vicente, 225
Gávea - Campinas - SP - 22453-900 - Brasil

Pesquisas

Grupo de renormalização.
Cromodinâmica quântica.
Método de Monte Carlo.
Polímeros.
Efeito Hall quântico.
Métodos semiclássicos.

Títulos

Bacharel (Ciências) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-Rio - 1973.
Mestre (Ciências) - PUC/Rio - 1976.
Ph.D. - Universidade de Princeton - 1980.
Research Associate - Centre Européen de la Recherche Nucléaire, CERN - setembro 1980/agosto 1981.
Chercheur Associé - Centre National de la Recherche Scientifique, CNRS junto ao Laboratoire de Physique Théorique et d'Hautes Energies de l'Université de Paris, Centre d'Orsay - setembro 1981 a 1982.
Professor assistente - PUC/Rio - 1982/1985.
Professor associado - PUC/Rio - 1985/1993.
Professor visitante - Centro Atômico de Bariloche - 1986 e 1992.
Pesquisador associado - ICTP - 1988/1996.
Visiting Associate Professor - Princeton University - 1989.
Professor titular - Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ - 1994/...
Visiting Professor - UCLA - setembro de 1999 a junho de 2000.

Biografia

Carlos Alberto Aragão de Carvalho Filho nasceu no Rio de Janeiro, onde cursou a maior parte de seus estudos pré-universitários. Em 1970, iniciou o curso de Física na PUC/RJ. Em 1974, ingressou na Pós-Graduação em Física, com bolsa da CAPES. Concluiu o Mestrado na PUC/RJ, em 1976, com a tese "Fenômenos Tricríticos na Mistura He3-He4". Nela, calculava os expoentes críticos associados a transições de fase da mistura, usando o Grupo de Renormalização. No mesmo ano, também com bolsa da CAPES, seguiu para a Princeton University. Lá viria a obter o título de Ph.D. em Física, em 1980, com a tese "Instantons and Fermion Densities". Tratava-se de um estudo sobre métodos semiclássicos aplicados a teorias de interação entre férmions e campos de calibre. O objetivo último era aplicá-los à Cromodinâmica Quântica, a teoria das interações fortes.
Terminado o Doutoramento, foi contratado pelo CERN, em Genebra, como Pesquisador-Associado, em 1980. No ano seguinte foi contratado como Pesquisador-Associado pelo CNRS francês, indo trablhar na Universidade de Paris XI, em Orsay. Durante os dois anos na Europa, aprendeu a utilizar técnicas numéricas de cálculo em Teorias de Campos, que se valiam do, assim chamado, método de Monte Carlo. Regressou ao Brasil em outubro de 1982, após concluir um trabalho, em colaboração com Sérgio Caracciolo e Jürg Fröhlich, sobre a trivialidade de certas teorias escalares. Este trabalho tornou-se muito conhecido na literatura.
Retornou para o Departamento de Física da PUC/RJ. Lá desenvolveu uma linha de pesquisa que buscava compreender a Mecânica Estatística das Teorias de Campos e, ao mesmo tempo, aplicar métodos daquelas teorias a problemas de Mecânica Estatística como, por exemplo, ao estudo da condutividade de polímeros lineares. Foi Coordenador de Pós-Graduação em 1985 e Diretor do Departamento de 1986 a 1988.
Contemplado com um ano sabático em 1989, voltou a Princeton como Professor Visitante, onde deu cursos e retomou a investigação em Cromodinâmica Quântica. Retornou ao Brasil em 1990, dedicando-se ao estudo do Efeito Hall Quântico, outro exemplo de aplicação de métodos de Teorias de Campos na Mecânica Estatística. Em 1992, tornou-se Decano do Centro Técnico-Científico da PUC/RJ. No final de 1993, deixou a Universidade.
Aprovado em concurso público, tornou-se, em 1994, Professor Titular do Instituto de Física da UFRJ, cargo que exerce até hoje. É, também desde 1994, Diretor do Centro Latino-Americano de Física e, desde 1988, Pesquisador Associado ao ICTP, de Trieste. Atualmente, se dedica ao estudo de metaestabilidade em Teorias de Campos e Mecânica Estatísitca, linha de pesquisa iniciada em colaboração com a Universidade de Pittsburgh.

Comissões

Comissão de Orçamento da Brazilian Academy of Sciences (Suplente) - 1996.

Participações

Sociedade Brasileira de Física.
Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência.

Posições

Gerente-Geral de Parcerias e Recursos / Diretor Científico
Instituto Tecnológico Vale
Vale S.A.
jan/2011 - ago/2011

Diretor Geral
Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materias - CNPEM/ABTLuS
set/2011 - mar/2014

Presidente
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
jan/2010 - jan/2011

Diretor
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Instituto de Física
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
jan/1998 - presente

Diretor
Centro Latino-Americano de Física
jan/1994 - jan/1997

Decano
Centro de Tecnologia e Ciências
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
jan/1992 - jan/1993

Diretor
Departamento de Física
Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
jan/1986 - jan/1988

Prêmios

Condecorações

Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico - Presidencia da República do Brasil - out/1998

Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico - Presidencia da República do Brasil - mar/2005

Publicações Selecionadas

DE CARVALHO, C. A. A. 1977 . A callan-symanzik study of the lf43 + gf63 theory Nuclear Physics. vol. B119 , p. 401 - 412

CARACCIOLO, S. and DE CARVALHO, C. A. A. 1983 . A new Monte Carlo approach to the critical properties of self-avoiding random walks. Journal de Physique (Paris). vol. 44 , p. 323 - 331

CARACCIOLO, S. , FRÖHLICH, J. and DE CARVALHO, C. A. A. 1983 . Polymers and g|j|4 theory in four dimensions. Nuclear Physics. vol. B215 , p. 209 - 248

DE CARVALHO, C. A. A. 1989 . Solitons and polarons in continuum polymer models. Nuclear Physics. vol. B324 , p. 729 - 751

DE CARVALHO, C. A. A. and BOYANOVSKY, D. 1993 . Real-time analysis of thermal activation via sphaleron transitions. Phys. Rev. vol. D48 , p. 5850 - 5862


webTexto é um sistema online da Calepino