Diogenes de Almeida Campos

Diogenes de Almeida Campos
Id 133
Nome Científico Campos, D. A.
E-mail dac@abc.org.br
Profissão Geólogo
Área de Especialização Ciências da Terra
Categoria Titular
Data de ingresso na ABC 12/03/1986

Nascimento

Data 00/00/0000
Cidade Irará
Estado/Província Bahia , BA
Pais Brasil

Endereço

Departamento Nacional de Produção Mineral
Setor de Paleontologia
Av. Pasteur, 404
Urca - Rio de Janeiro - RJ - 22290-240 - Brasil

Pesquisas

Vertebrados do Cretáceo.
História da Ciência.

Títulos

Geólogo - Universidade Federal da Bahia, UFBA - 1967.
Mestre (Ciências) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, UFRJ - 1978.
Pesquisador associado - Museu Americano de História Natural - - 1993.

Biografia

Diogenes de Almeida Campos, naturalista e paleontólogo, nascido em Irará, BA, em 1943, formou-se em Geologia pela Universidade Federal da Bahia. Transferiu-se para o Rio de Janeiro, em 1968, ingressando no Departamento Nacional de Produção Mineral. Na seção de Paleontologia do DNPM foi, desde o início, orientado por Llewellyn Ivor Price, que o estimulou a dedicar-se à Paleontologia de Vertebrados e à Estratigrafia do Cretáceo brasileiro.
Responsável, desde 1977, por uma das mais importantes coleções de fósseis do Brasil, é Chefe do Setor de Paleontologia do DNPM. Vem procurando manter este acervo organizado, documentado e disponível para pesquisa.
Sua obra científica segue a tradição de seus mentores, Price, Sommer e Simões Ferreira, sendo autor de mais de setenta trabalhos. É bolsista do CNPq, tendo como linha de pesquisa o estudo dos répteis fósseis e da estratigrafia do Cretáceo brasileiro. Sua dissertação de mestrado versou sobre as tartarugas fósseis do Brasil e, atualmente, vem descrevendo os dinossauros, pterossauros e crocodilianos da formação Bauru e da bacia do Araripe.
Foi um dos autores do Mapa Geológico do Brasil, escala 1:2 500 000, bem como dos livros Geologia do Brasil, Léxico Estratigráfico Brasileiro e da Carta Geológica do Brasil ao Milionésimo. Vem colaborando com o Mapa Geológico da América do Sul, em preparação.
Além da formação de estudantes perante o CNPq e a Universidade Federal do Rio de Janeiro, desenvolve um amplo conjunto de atividades junto à comunidade científica nacional e internacional. Foi Presidente da Sociedade Brasileira de Paleontologia e da Comissão Brasileira do Programa Internacional de Correlação Geológica. Em reconhecimento por suas atividades científicas foi agraciado com os títulos de membro-correspondente do Museu Nacional de História Natural, de Paris, e de pesquisador-associado do Museu Americano de História Natural, de Nova Iorque.
Desde 1987 vem colaborando com a Diretoria da Academia Brasileira de Ciências, ocupando-se, principalmente, do gerenciamento de programas das Ciências da Terra e daqueles ligados às mudanças globais.
Preocupado com a preservação dos depósitos fossilíferos brasileiros, Campos envolveu as populações de Crato e Santana do Cariri, no Ceará, e de Uberaba, em Minas Gerais, em projetos pioneiros, fundados no reconhecimento da necessidade de conscientizar as comunidades da chapada do Araripe e do Triângulo Mineiro sobre a importância de seu patrimônio científico. O Centro de Pesquisas Paleontológicas Llewellyn Ivor Price, o Museu Paleontológico de Santana do Cariri e o Centro de Pesquisas Paleontológicas da Chapada do Araripe, além do Museu de Ciências da Terra, do Rio de Janeiro são testemunhos da preocupação de Campos com a educação e a divulgação do conhecimento sobre a história da vida na Terra.

Comissões

Indicado Membro da Comissão Editorial dos Anais da ABC, no biênio 93-95.
Comissão Brasileira do Programa Internacional da Geosfera-Biosfera - 26/01/90 a 02/08/93 e 03/08/93 a 1995.
Comitê Organizador do Simpósio Internacional de Física e Química do Manto Superior a partir de julho de 1993.

Prêmios

Condecorações

Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico - Presidência da República do Brasil - jul/2000

Publicações Selecionadas

CAMPOS, D. A. and WENZ, S. 1982 . Première découverte de Coelacanthes dans le Crétacé Inférieur de la Chapada do Araripe (Brésil). Comptes Rendus des Académies des Sciences. vol. 294 , p. 1151 - 1154

BRITO, I. M. and CAMPOS, D. A. 1983 . The Brazilian Cretaceous. Zitteliana. vol. 10 , p. 277 - 283

CAMPOS, D. A. , LIGABUE, G. and TAQUET, P. 1984 . Wing membrane and wing supporting fibers of a flying reptile from the Lower Cretaceous of the Chapada do Araripe (Aptian, Ceará State, Brazil). Anais do Symposium of Mesozoic Terrestrial Ecosystem, 3. vol. Shot Paper, p. 37 - 39

CAMPOS, D. A. and KELLNER, A.W.A. 1985 . Panorama of the flying reptiles study in Brazil and South America. Anais da Academia Brasileira de Ciências. vol. 57 , p. 453 - 466

CAMPOS, D. A. 1991 . Dinosaurs of the Santana Formation with comments on other Brazilian occurrences. Santana fossils: an illustrated atlas. p. 372 - 375

Publicações Completas

CAMPOS, D. A. , BAPTISTA, M. B. and BRAUN, O. P. G. 1984 . Léxico Estratigráfico Brasileiro. , Brasilia : DNPM.



webTexto é um sistema online da Calepino