pt_BR
Ciências Biológicas | MEMBRO TITULAR

Fábio de Melo Sene

(SENE, F. M.)

07/07/1942
Brasileira
01/06/2004

Formado em História Natural em 1966 pela Universidade de São Paulo, desde a graduação se interessou pela área de genética, tendo bolsa de Iniciação Científica pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), no ano de 1966. Fez mestrado (1970) e doutoramento (1973) na Universidade de São Paulo (USP), onde foi contratado como docente em 1969. É atualmente professor titular dessa universidade. Fez dois pós-doutoramentos no exterior, sendo um de 18 meses na Universidade do Havaí, Estados Unidos, em 1974-1975 (bolsa da FAPESP), e outro de 12 meses na Universidade do Arizona, Estados Unidos, em 1988 (bolsa do CNPq). Em 1985, transferiu-se de São Paulo para Ribeirão Preto, dentro da USP. Como chefe do Laboratório de Genética da Drosophila em São Paulo (de 1976 a 1984) e em Ribeirão Preto (de 1985 até hoje) sempre se caracterizou como um formador de pessoal, tendo orientado 11 doutoramentos, 12 mestrados e 16 iniciações científicas. Atualmente, orienta quatro doutorados e uma iniciação científica. Exerce intensa atividade docente nos níveis de graduação e pós-graduação. Intensa, também, é sua participação em eventos científicos, palestras, mesas-redondas, simpósios e cursos, bem como em bancas de teses e concursos. Sua área de atuação principal é a genética do processo evolutivo, onde tem concentrado seus trabalhos nos processos genéticos envolvidos na diferenciação das populações naturais em ambientes tropicais e subtropicais da América do Sul. Dessas pesquisas foram publicados até agora 52 trabalhos científicos in extenso e 89 resumos de congressos. Publicou também um livro sobre genética e evolução pela Editora EPU, destinado ao ensino do segundo grau. Suas pesquisas caracterizam-se por uma harmoniosa combinação de trabalhos de campo, laboratório e analise estatística. Relacionam-se elas com a variabilidade a nível molecular, bioquímico, citogenético e de genética do comportamento, e questões vinculadas de distribuição geográfica e especiação no gênero Drosophila. Sempre exerceu intensa atividade junto à Sociedade Brasileira de Genética, onde foi membro da diretoria como tesoureiro por duas vezes (1985-1986 e 1991-1992), foi editor de livros de 1992 a 1996 e é o editor chefe da revista da SBG Genetics and Molecular Biology desde março de 2002.