Carlos Alberto Aragão será o novo presidente do CNPq

15/01/2010

O físico e Acadêmico Carlos Alberto Aragão de Carvalho Filho assume nos próximos dias a presidência do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT). O convite foi confirmado em 14/1 em encontro com o ministro de Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, o secretário executivo, Luiz Antonio Rodrigues Elias, e o atual presidente do CNPq, Marco Antonio Zago.

Aragão, que já foi diretor de desenvolvimento da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep/MCT) no biênio de 2005 a 2007, substitui o médico Marco Antônio Zago, que presidiu o CNPq por dois anos e meio, e agora vai compor a nova direção da Universidade de São Paulo (USP), onde será Pró-Reitor de Pesquisa.

Atualmente, Aragão está à frente da secretaria-geral da 4ª Conferência Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (4ª CNCTI), marcada para maio próximo, em Brasília. Segundo a assessoria do evento, o físico já indicou alguns nomes para o cargo.

O novo presidente do CNPq é graduado em Física pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), tem mestrado pela mesma instituição, fez doutorado na Universidade de Princeton (EUA) e pós-doutorado no Centro Europeu de Pesquisa Nuclear na Suíça, todos em física das partículas elementares e campos.

Aragão tem atuado principalmente nos seguintes temas: teorias quânticas de campos e suas aplicações, teorias quânticas de campos a temperatura finita, métodos semiclássicos em geral, fotônica e plasmônica.

É professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), pesquisador 1A do CNPq, membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e da Academia de Ciência de Países em Desenvolvimento (Twas). Entre seus títulos honoríficos está a Ordem Nacional do Mérito Científico nas categorias Comendador e depois Grã-Cruz.

Disponível no site da Acadêmia Brasileira de Ciência no endereço http://www.abc.org.br/article.php3?id_article=575