ABC participa das comemorações dos 350 anos da Academia Francesa de Ciências

  • Compartilhe:

Publicado em 07/10/2016

O presidente e o ex-presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Luiz Davidovich e Jacob Palis, participaram das comemorações dos 350 anos da Academia Francesa de Ciências. O evento, intitulado "Jornada Mundial das Ciências", aconteceu no auditório do Museu do Louvre, em Paris, no dia 27 de setembro, e reuniu representantes das Academias do mundo todo.



O presidente da ABC, Luiz Davidovich, explicou que o evento teve palestras iniciais de representantes do IAP - Parceria InterAcademias - e do ICSU - Conselho Internacional para a Ciência -, e contou com sessões sobre temas variados que abordaram os desafios da ciência, como "saúde e demografia" e "digital, robótica e emprego".

Os participantes das discussões eram de áreas não necessariamente relacionadas ao tema e, portanto, contribuíam com diferentes visões. Davidovich, físico, foi coordenador de uma das sessões, sobre "meio ambiente, recursos e reciclagem".

O presidente da França, François Hollande, participou da abertura das comemorações e fez um discurso tocante. "Ele falou sobre o valor da ciência e enfatizou a importância da pesquisa básica para a sociedade, pois dela vêm as grandes invenções, que propiciam tecnologias, melhorias na saúde etc", afirmou Luiz Davidovich.


Luiz Davidovich na comemoração dos 350 anos da Academia Francesa de Ciências

No discurso, François Hollande afirmou que "o presidente da República é um protetor da Academia". "Após 350 anos, ela tem a mesma missão de cultivar a ciência e levá-la à perfeição. O general Charles de Gaulle [ex-presidente da França] marcou sua presença na comemoração dos 300 anos da Academia. Disse em seu discurso breve, mas forte, que os franceses tinham essa fonte incomparável de saber em uma época em que precisamente a ciência dominava nossa vida. Hoje, 50 anos mais tarde, venho celebrar o valor da ciência."

"Para os cientistas que vocês são e que não conhecem outra forma de estabelecimento da verdade que não seja a experimentação, a argumentação, a controvérsia, a faculdade de raciocinar, nao é sempre fácil achar seu lugar na multidão", acrescentou Hollande. "E foi contra a ameaça, a pressão, que a Academia se constituiu e se desenvolveu. A verdade científica se diferencia fortemente da verdade imposta, porque a verdade não obedece a nenhum dogma." Veja abaixo o discurso completo de François Hollande (em francês).




Além disso, foi assinada uma declaração sobre a importância da ciência, por representantes de várias Academias. O documento, intitulado "Declaração comum sobre a ciência", pode ser conferido aqui.

No dia seguinte, Luiz Davidovich, Jacob Palis e a gerente de projetos da ABC Gabriella Mello participaram de uma reunião com a secretária perpétua da Academia Francesa, Catherine Bréchignac. O encontro visou estabelecer uma colaboração entre as duas Academias.

"Combinamos de realizar um workshop em conjunto, em 2018, com o tema da biodiversidade", contou Davidovich. O evento, ele informou, acontecerá no Brasil. Em 2016, a ABC também realizou uma série de eventos comemorativos, que se estenderão até o final do ano, por conta de seu centenário.

(Clarice Cudischevitch para NABC. Fotos: Academia Francesa de Ciências)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino