Carlos José Pereira de Lucena recebe homenagem da Sociedade Brasileira de Computação

  • Compartilhe:

Publicado em 04/10/2016

O professor e pesquisador Carlos José Pereira de Lucena, do Departamento de Informática do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) e membro da Academia Brasileira de Ciências, foi homenageado com o Prêmio "Destaque na Formação de Recursos Humanos de Excelência em Engenharia de Software" no último Congresso Brasileiro de Software - Teoria e Prática (VII CBSoft), que ocorreu entre os dias 19 e 23 de setembro em Maringá/PR.

Lucena, que hoje tem 73 anos e 51 de profissão, foi responsável pela orientação acadêmica, direta e indiretamente, de  mais de 2510  profissionais, contribuindo para o desenvolvimento e consolidação da área de Computação no país. O tributo foi concedido pela Comissão Especial de Engenharia de Software (CEES) após análise da genealogia dos pesquisadores de Engenharia de Software do Brasil.

Tendo formado cerca de 45 doutores e aproximadamente 120 mestres como professor da PUC-Rio, sua influência em Engenharia de Software é notória e reconhecida. Sua trajetória teve início em 1965 quando se formou em Economia e Matemática pela PUC-Rio. Em 1969, terminou o Mestrado em Matemática no Department of Computer Science & Applied Analysis pela University of Waterloo, no Canadá. Em 1974, concluiu o Doutorado na School Of Engineering And Applied Sciences pela University of California (Los Angeles), e, um ano depois, foi Pos-doc Research Fellow na IBM Research.

Em 2014, Lucena foi o primeiro brasileiro a conquistar o título de Fellow da Association for Computing Machinery (ACM), a mais alta categoria da renomada associação mundial em computação, que representa apenas 1% dos participantes da maior e mais importante sociedade científica e educativa em computação do mundo.

O Acadêmico publicou ao longo de suas cinco décadas de trabalho mais de 650 trabalhos arbitrados nos principais veículos de sua área, além de ser, desde 1990, bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq no nível 1A, bolsa que tem sido renovada continuamente e segue válida até 2020.

O professor também é Fellow da Fundação Guggenheim e da TWAS (Academy of Sciences for the Developing World), membro titular da Academia Brasileira de Ciências e, desde 2010, presidente do Instituto Nacional de Ciências da Web (INCT). Recentemente também foi eleito para o Quadro de Membros Titulares da Academia Nacional de Engenharia (ANE). "Lucena é um grande parceiro de trabalho, brilhante pesquisador, além de um amigo. Gostaria de destacar o seu papel fundamental como líder harmonizador do DI. Ao longo de cinco décadas nos inspira na busca da excelência na Computação brasileira", reforça o diretor do Departamento de Informática do CTC/PUC-Rio, Hugo Fuks.


(Adaptado de CTC/PUC-Rio)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino