Acadêmico Ricardo Osório Galvão é o novo diretor do Inpe

  • Compartilhe:

Publicado em 12/07/2016



O físico e engenheiro Ricardo Osório Galvão, membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC), vai assumir a direção do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) em São José dos Campos (SP). O nome foi anunciado no dia 1 de julho durante visita do ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab, no aniversário de cinco anos do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden).

Galvão vai assumir o cargo ocupado desde 2012 pelo engenheiro Leonel Perondi, que teve a gestão encerrada em maio deste ano, mas continuava no cargo aguardando definição quanto a escolha do novo nome para direção diretor do instituto.

O ministério escolheu Galvão por meio de lista tríplice, após prévia consulta à comunidade acadêmica. Os nomes dos outros dois concorrentes não foram informados pela pasta.

O físico e engenheiro aguarda publicação no Diário Oficial para tomar posse no cargo - procurada, a assessoria de imprensa da Casa Civil não informou a previsão para a publicação até a conclusão desta reportagem.

Ele vai assumir a função com o desafio de atrair recursos em infraestrutura e mão de obra para o Inpe, que vem sofrendo processo de defasagem nos últimos anos.

Atualmente o Inpe tem cerca de 900 funcionários e a projeção é que esse número seja reduzido a 520 até 2020, por causa da aposentadorias de profissionais. A avaliação é do Sindicato Nacional dos Servidores Públicos Federais na Área de Ciência e Tecnologia do Setor Aeroespacial (SindCT).

Pelo menos desde 2007 a direção do do instituto pede ao governo federal a contratação de funcionários para suprir as perdas - sem obter retorno até o momento.

Outro pedido antigo, é a compra de um novo supercomputador para o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec), órgão ligado ao Inpe em Cachoeira Paulista. O equipamento vai substituir o 'Tupã', opera no limite da vida útil.A expectativa é que a máquina fosse comprada ainda neste ano, mas ainda não há previsão para a aquisição.

Perfil

Ricardo Galvão éprofessor titular do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), membro da Academia Brasileira de Ciências, e atual presidente da Sociedade Brasileira de Física. Ele vai pedir afastamento do cargo quando for nomeado diretor do Inpe.

Ele graduou-se em engenharia de telecomunicações pela Universidade Federal Fluminense em 1969, fez mestrado pela Universidade Estadual de Campinas em 1972 e doutorado pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (EUA) em 1976.

Atuou como professor da Unicamp entre 1971 e 1982, e na Universidade de São Paulo desde 1983, onde atualmente é professor titular. Paralelamente, atuou também como pesquisador pelo Centro Técnico Aeroespacial de 1982 a 1986.

Galvão é também membro titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo e da Academia Brasileira de Ciências, Fellow do Institute of Physics, Presidente da Sociedade Brasileira de Física e membro do Conselho da Sociedade Européia de Física.

(G1 Vale do Paraíba e Região - 01/07/2016 / Foto: Divulgação/SindCT)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino