Ipen completa 60 anos em solenidade com autoridades da área de CT&I

  • Compartilhe:

Publicado em 06/09/2016



No dia 31 de agosto, o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) realizou uma cerimônia para comemorar os seus 60 anos de fundação, no Auditório Rômulo Ribeiro Pieroni do Instituto, com a presença de diversas autoridades.

Na abertura do evento, foram apresentados três vídeos institucionais sobre os 40 anos dos programas de pós-graduação, os servidores que se aposentaram recentemente e os pesquisadores eméritos do Instituto. As boas-vindas foram dadas pelo superintendente do Ipen, José Carlos Bressiani, que falou sobre a história e as contribuições do Instituto na área nuclear em suas seis décadas de existência.

O superintendente destacou, além da atividade nuclear propriamente dita, a atuação do Instituto na área social, através do fornecimento de radiofármacos, desinsetização de acervos e obras de arte e a formação de mão-de-obra qualificada, com a titulação de mais de 1.500 doutores. "O Ipen é referência, pois foi, é e será o grande protagonista da área nuclear no Brasil", finalizou.

As seis décadas do Ipen também foram citadas pelo vice-presidente regional São Paulo da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Oswaldo Luiz Alves, que falou sobre o quanto é difícil uma instituição pública de pesquisa resistir com poucos recursos financeiros.

O reitor da Universidade de São Paulo e Acadêmico, Marco Antonio Zago, lembrou que teve contato com a medicina nuclear durante a sua graduação. Afirmou também que, devido ao êxito dos trabalhos realizados em conjunto, "o Ipen não é visto pela Universidade como apenas uma entidade associada à USP" e que o Instituto tem muita relevância. "Parabéns a todos os envolvidos nas atividades do Ipen, pois esta é uma história com muitos atores, os quais têm contribuído com o desenvolvimento da ciência no Brasil".

Para finalizar, o secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações e membro titular da ABC, Álvaro Toubes Prata - que representou o ministro Gilberto Kassab -, comentou sobre o papel de órgãos como o Ipen. "Ter instituições como o Ipen é extremamente importante, porque são elas que podem nos levar ao desenvolvimento econômico e social, através do desenvolvimento tecnológico", lembrou o secretário.

Na cerimônia, também foi entregue o 3º Prêmio Ipen de Inovação Tecnológica - criado para incentivar a inovação no órgão -, ao trabalho "Curativos avançados de baixo custo com nanopartícula de prata", realizado pelo pesquisador Ademar Benévolo Lugão.

(Adaptado de USP)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino