Acadêmicos apresentam palestras sobre educação na Coppe

  • Compartilhe:

Publicado em 09/08/2016



Nesta quinta-feira, dia 11, a partir das 10h, a Coppe/UFRJ (Av. Horácio Macedo, 2030 - 101 - Cidade Universitária, Rio de Janeiro) recebe a apresentarão dos Acadêmicos Débora Foguel e Roberto Lent* que farão palestras com o tema "Ciência para educação: uma janela de oportunidade para o Brasil".

Confiram o artigo de autoria conjunta dos pesquisadores:

Um grande avanço na última mudança de século foi a consolidação do conceito de pesquisa translacional, aplicado com sucesso na Saúde e nas Engenharias em praticamente todos os países de médio/alto PIB. Intrigantemente, isso não ocorreu com a Educação. Ainda não se percebe que a Ciência já pode compreender como as pessoas aprendem, quais os mecanismos aceleradores da aprendizagem e do ensino, e como isso impactaria a economia e a ascensão social das nações. Também não se percebe que as inovações podem ser validadas com estudos populacionais para racionalizar em escala o ensino, nem quais competências socioemocionais devem possuir os futuros cidadãos para atuar em empresas cada vez mais automatizadas e informatizadas. Talvez por conta dessa omissão, o progresso dos indicadores educacionais brasileiros tem sido tão modesto. 

Na Saúde, as políticas públicas não apenas investem em melhorias materiais (saneamento, atendimento hospitalar, cobertura nutricional, etc), mas também em ciência e inovação capazes de criar novas opções no cenário internacional (terapias para doenças degenerativas, vacinas para doenças infecciosas, etc). Diferentemente, na Educação o investimento é exclusivamente focado nas melhorias materiais (mais escolas, melhores salários para os professores, etc), necessárias, mas insuficientes para acelerar o crescimento dos nossos indicadores a taxas mais rápidas e competitivas. Esse cenário nos abre uma janela de oportunidade para criar uma nova política científica voltada para a Educação. Para dar concretude a essa possibilidade, a proposta em discussão é que as novas iniciativas de fomento dos agentes públicos e privados tenham como eixo estruturante a Ciência para Educação.

*Professores do Instituto de Ciências Biomédicas e do Instituto de Bioquímica Médica da UFRJ, Membros do Comitê Executivo da Rede Nacional de Ciência para Educação.

(Ascom ABC)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino