Membro afiliado inaugura biblioteca em escola pública na região serrana do Rio

  • Compartilhe:

Publicado em 29/07/2016

Da esquerda para a direita: Marion Villas Boas (com seu neto); professor Emiliano Medei; Gleici Heringer, coordenadora pedagógica do projeto e Virgínia Villas Boas, ex-professora do colégio e filha de Marion

Foi fundada, no dia 16 de julho, a biblioteca Marion Villas Boas Sá Rego, no Colégio Estadual José Martins da Costa, localizada no distrito de São Pedro da Serra em Nova Friburgo, com coordenação do membro afiliado da ABC no período 2012-2016, Emiliano Medei. A realização do espaço tem o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

Em 2011, Medei coordenou a criação do Espaço de Ciências José Fernando Silva Mello, no mesmo colégio, também com financiamento da Faperj.

Mesmo antes dos projetos para melhoria do ensino, o colégio José Martins da Costa já havia conquistado a média 5,4 no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, valor superior à média do estado do Rio de Janeiro, de 3,2. Foi nesse época que Emiliano Medei conheceu a escola, levado por uma merendeira, mãe de um amigo seu.

Medei afirma que, além de efetuar projetos, o financiamento pelos editais possibilitaram concretizar planos de ensino. "Hoje em dia, uma biblioteca não é simplesmente um espaço de leitura, mas de busca. Uma área comum,  que inspira os jovens para novos pensamentos, novos conhecimento e uma nova cultura", disse o médico.

Gleice Heringer, diretora do C.E. José Martins da Costa e coordenadora pedagógica do projeto aprovado pela Faperj, destacou a importância de ser o primeiro espaço da escola destinado à leitura e à pesquisa. "A escola está completando 50 anos, e o que nós tínhamos era um espaço para guardar livros", conta Gleice. "É muito importante um espaço dedicado à realização de leituras", completou.

Homenageada

Escritora, jornalista e pedagoga carioca, Marion Villas Boas Sá Rego foi escolhida para batizar a biblioteca do C.E. José Martins da Costa, não só por sua produção literal, mas por sua contribuição direta para aquela escola na década de 1980. Em 1986, ela e sua filha Virgínia Villas Boas Sá Rego foram responsáveis por levar o ensino médio ao colégio, que contemplava apenas o ensino fundamental. A justificativa da Secretaria de Educação é que não havia, na região, demanda o suficiente de alunos para uma escola com ensino médio, mas Marion insistiu e obteve essa conquista para a escola. "Nós a homenageamos por ter sido determinante para a implementação do ensino médio nessa escola, que agora completa 50 anos", disse Medei.

Confira abaixo, texto do Acadêmico Adalberto Vieyra elogiando a iniciativa:

"Encerrou-se uma semana de nuvens negras e tragédias. Tivemos recordações saudosas do Leopoldo de Meis que, honrando o legado de Darcy Ribeiro, soube expandir as fronteiras do melhor de nossa ciência para a educação básica e para a divulgação da ciência para o grande público. Recordamos o vulto da criação da CAPES da Educação Básica pelo nosso Professor Emérito Jorge Guimarães quando Presidente da CAPES. Mas houve também algo muito especial neste sábado: a inauguração da biblioteca da Escola José Martins da Costa em São Pedro da Serra, uma extensão da UFRJ onde filhos de operários muito nos ensinam. Houve apoio da FAPERJ, envolvimento da SECT na figura de Tande Vieira e da UFRJ. Mas houve, liderando o processo - e a bela realização - uma figura ímpar que homenageamos: o Diretor Adjunto de Administração do Centro Nacional de Biologia Estrutural e Bioimagem da UFRJ/CENABIO-UFRJ, Emiliano Medei. Meu caro Diretor Adjunto: em nome de todos, mando-lhe um abraço afetuoso e um preito de gratidão. Assim se constrói algo novo. Na UFRJ e no Brasil. Adalberto."

(Samil Chalupe para NABC - Foto: Divulgação)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino