3º Encontro Nacional de Membros Afiliados da ABC

  • Compartilhe:

Publicado em 21/06/2016



O 3º Encontro Nacional de Membros Afiliados da ABC será realizado em Belo Horizonte, nos dias 27, 28 e 29 de julho de 2016.


O Comitê Científico, composto por voluntariado, conta com os seguintes membros afiliados:
 
André Luiz Barbosa Báfica (2013-2017 / Biomédicas, UFSC)  

Antonio Gomes de Souza Filho (2011-2015 / Física, UFC)  

Bruno Duarte Gomes (2011-2015 / Biológicas, UFPA)  

Caio Vinicius Saito Regatieri (2013-2017 / Saúde, Unifesp)  

Edilson Lucena Falcão Filho (2012-2016 / Física, UFPE)  

Emiliano Horacio Medei (2011-2015 / Biomédicas, UFRJ)  

João Trindade Marques (2011-2015 / Biológicas, UFMG)  

Kildare Rocha de Miranda (2013-2017 / Biomédicas, UFRJ)  

Leandro Helgueira Andrade (2011-2015 / Química, USP)   

Lisiane de Oliveira Porciúncula (2011-2015 / Biológicas, UFRGS)  

Raquel Carvalho Montenegro (2013-2017 / Biológicas, UFPA)



O Comitê Organizador da Academia Brasileira de Ciências (ABC) é formado por:

Elisa Oswaldo-Cruz (Assessora de comunicação / elisa@abc.org.br / (21) 3907-8115)

Fernanda Wolter (Assistente de projetos / fwolter@abc.org.br / (21) 3907-8128)

O Comitê de Apoio Organizacional é composto pelos membros titulares:

Evaldo Ferreira Vilela (Presidente da Fapemig)

Mauro Martins Teixeira (Vice-presidente da ABC para a Região MG&CO)

O 3º Encontro Nacional de Membros Afiliados foi possível em função de uma parceria realizada entre a Capes, a Fapemig e a ABC.


 

Os temas


Alternando com as apresentações da evolução das pesquisas de alguns dos membros afiliados com mandatos encerrados em 2015 e 2016, o Comitê Científico escolheu três temas: "O impacto da ciência brasileira", "Independência e autonomia dos jovens cientistas" e "Publicação como meio e não como fim".


Para debatê-los, foram convidados nove "provocadores", sendo três por sessão. Cada um abordará um subtema relacionado ao tema da sessão.

 
O objetivo é discutir e firmar posições comuns aos membros da Jovem Academia com relação às questões mais amplas da política de ciência, tecnologia e inovação em nosso país.


A dinâmica


Cada palestrante terá dez minutos para fazer sua provocação. Após as exposições, a plateia se dividirá em grupos e acompanhará o provocador e um dos membros do Comitê Científico para outras salas, onde a discussão será ampliada para o grupo presente. Todos terão direito à palavra e um relator, eleito na hora, tomará nota. Ao final, todos contribuirão para fechar os tópicos principais (5 a 10) identificados pelo relator.


Em seguida, os grupos retornarão ao auditório e os relatores de cada subgrupo apresentarão seu resumo, em tópicos. Haverá tempo para trocas de ideias, experiências etc. O objetivo é que os relatores, coordenadores e membros do Comitê Científico se reúnam após o debate para construir um bom relatório final /apresentação. Esta será mostrada na sessão de encerramento e o documento correspondente será encaminhado às autoridades da área de ciência, tecnologia inovação e educação, formuladores de políticas públicas e formadores de opinião.


No último dia, teremos a plenária final com a presença de autoridades das áreas de ciência, tecnologia e inovação, na qual serão apresentados os relatos dos debates promovidos durante o evento.


Confira a programação (em construção).


O histórico


Em 2007, a Academia Brasileira de Ciências criou uma nova categoria de Membro, para jovens cientistas. Desde então, cada vice-presidência regional da ABC elege, a cada ano, até cinco pesquisadores de excelência, com menos de 40 anos, para que se tornem Membros Afiliados por cinco anos. Estes jovens brilhantes cientistas de todas as regiões do país deram nova vida à Academia. Todos atuam em áreas de fronteira e têm demonstrado, por seus trabalhos, um grande potencial científico.


No intuito de proporcionar uma maior interação entre seus membros afiliados e destes com os membros titulares, a ABC teve a iniciativa de promover o Simpósio "Ciência, Tecnologia e Inovação: Visões da Jovem Academia", no período de 14 a 16 de setembro de 2011, na sede da ABC, no Rio de Janeiro.


O simpósio foi organizado por um Comitê Científico, composto membros afiliados de todas as regiões do país, com apoio da equipe da ABC.  O objetivo do evento foi discutir propostas para que o Brasil supere os desafios relacionados ao avanço da ciência, tecnologia e inovação em todas as áreas do conhecimento. Este foco foi escolhido pelo Comitê Científico, por considerar a existência de muitas outras oportunidades, como congressos e simpósios, para se ter contato com as linhas de pesquisa e apresentações de resultados dos membros afiliados, enquanto que apenas a ABC poderia ser palco de uma discussão sobre política científica, reunindo atores tão diversos.


Este foi, então, o 1º Encontro Nacional de Membros Afiliados da ABC e seus resultados podem ser vistos no relatório final, assim como na Edição Especial das Notícias da ABC da época. Além disso, ganhou duas matérias de página inteira no jornal o Globo - "A nova geração" e "Um feudo masculino".


Na ocasião, foi definido que o evento se tornaria bianual, alternando o encontro nacional com encontros regionais.


Em 2013, a ABC promoveu o 2º Encontro Nacional de Membros Afiliados da ABC, realizado no Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), em Petrópolis (RJ). A programação definida pelo novo Comitê Científico escolheu três temas: "Integridade Científica", "Internacionalização da Ciência Brasileira" e "Desenvolvimento de CT&I na Amazônia".


Nesse encontro foram incluídas apresentações científicas dos membros afiliados em fim de mandato e experimentado m novo formato, envolvendo "provocadores" no lugar de palestrantes, momentos de plenária coletiva alternados com discussões em pequenos grupos e a construção de uma apresentação final para as autoridades presentes. Veja a Edição Especial das Notícias da ABC sobre o encontro.



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino