"Ciência e Arte na Maré" expõe imagens de laboratórios e leva workshops à comunidade

  • Compartilhe:

Publicado em 14/06/2016



De 17 de junho a 17 de agosto, o Museu da Maré, localizado na Avenida Guilherme Maxwel, 26, Maré, Rio de Janeiro (RJ), receberá o projeto "Ciência e Arte na Maré", com exposição com imagens produzidas por cientistas brasileiros em seus laboratórios e workshops científicos gratuitos, como oficinas para aprender a manusear um microscópio.

Entre as imagens expostas, estarão partes microscópicas de insetos e do corpo humano, até íris e pupilas de sapos, que são documentos técnicos de grande importância para o desenvolvimento da ciência e podem ser considerados autênticas expressões artísticas contemporâneas, com poder de criar imediata conexão com a sociedade.

A organização do evento considera que compartilhar o valor estético e educativo dessas obras seja uma forma de reconhecer a importância dos trabalhos em curso nos laboratórios do Brasil, potencializar o debate científico e instigar novos talentos.

A ArtBio é especializada em desenvolver projetos de divulgação científica através da perspectiva artística e promover ações culturais e educativas com recursos estéticos atraentes para compartilhar conhecimentos. "A intenção de democratizar o conhecimento científico foi o fator decisivo para escolhermos a comunidade da Maré. Trabalhamos na formação de novas audiências com exposições em espaços abertos, buscando a acessibilidade de todas as camadas da sociedade. Acreditamos que ciência e arte são duas atividades da cultura através das quais exercitamos a nossa capacidade de compreensão e explicação do mundo. Se conseguirmos sensibilizar e instigar um jovem sequer, teremos cumprido a nossa missão", explica a jornalista Paula Carneiro, responsável pela curadoria do projeto e coordenadora da ArtBio com Stevens Rehen, membro afiliado da ABC no período 2008-2012.

Os workshops, voltados para estudantes das escolas públicas locais, ensinarão os fundamentos básicos de microscopia, abrindo a possibilidade dos alunos conhecerem novos caminhos de percepção.

A ação inédita na comunidade visa democratizar a ciência e torná-la mais acessível ao grande público, estimulando o diálogo entre a comunidade científica e a sociedade e despertando o interesse de jovens pela ciência e pela arte. As inscrições para os workshops podem ser realizadas pessoalmente no Museu da Maré ou através do preenchimento do cadastro on-line no site da ArtBio.

O projeto "Ciência e Arte na Maré" é uma realização da ArtBio, com o apoio da L'Oréal Brasil Pesquisa e Inovação, Museu da Maré, Zeiss e Instituto Ciência Hoje.

(Adaptado de ArtBio)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino