Aos 92 anos, João José Bigarela falece em Curitiba

  • Compartilhe:

Publicado em 11/05/2016

Faleceu, no dia 5 de maio, o geólogo e Acadêmico João José Bigarella em Curitiba (PR), sua cidade natal.

Bigarela era formado em química, química industrial e engenharia química pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), sendo a última graduação em 1953, ano em que se tornou professor catedrático em mineralogia e geologia econômica na UFPR, onde já era professor desde 1949. Ele começou a se interessar pelas ciências da terra após estagiar no Instituto de Biologia de Pesquisas Tecnológicas (IBPT). Até sua aposentadoria, em 1980, ministrou diversas outras disciplinas, principalmente sedimentologia, tanto na UFPR quanto em outras universidades. Com a criação do Departamento de Geologia, na UFPR, foi o primeiro chefe do Departamento, entre os anos de 1975 e 1976. Além de professor, ele colaborou na implantação de diversos cursos de pós-graduação em universidades espalhadas pelo Brasil.

Ambientalista ativo, ajudou a criar, em 1998, a Fundação João José Bigarella (Funabi), da qual fazia parte do Conselho Curador e cuja missão é desenvolver projetos que busquem melhorar a qualidade da vida humana e ambiental, além de promover e estimular a investigação e pesquisa científica, tecnológica, cultural e artística. Professor Bigarela também da nome a um museu ecológico na cidade de Matinho, litoral do Paraná.

Deixa sua esposa, a artista plástica Íris Koehler Bigarela, três filhos, cinco netos e dois bisnetos.

A ABC lamenta o falecimento de tão notável figura da ciência brasileira e oferece seus mais sinceros sentimentos à família.

(ASCOM ABC)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino