Novos membros da ABC são empossados na Escola Naval

  • Compartilhe:

Publicado em 09/05/2016

Vinte e oito cientistas de reconhecimento nacional e internacional tornaram-se membros titulares e correspondentes da Academia Brasileira de Ciências (ABC) na noite de 4 de maio de 2016, na Escola Naval, Rio de Janeiro. O evento foi particularmente especial porque fez parte das comemorações dos 100 anos da ABC e foi marcado, ainda, pela posse da nova Diretoria, com a transmissão do cargo de presidente do matemático Jacob Palis para o físico Luiz Davidovich.

A mesa foi composta pelo presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj), Augusto Raupp; o diretor-presidente da Fundação Conrado Wessel (FCW), Américo Fialdini Jr.; o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Hernan Chaimovich; o Comandante da Marinha do Brasil, Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira; a ministra de Ciência, Tecnologia e Inovação, Emilia Curi; o presidente da ABC, Jacob Palis; o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Luiz Curi; o presidente da Financiadora de Estudos e Projetos, Wanderley de Souza; e a presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader.


Américo Fialdini Jr., Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, Emilia Curi, Augusto Raupp,
Jacob Palis, Hernan Chaimovich, Luiz Davidovich, Helena Nader, Luiz Curi e Wanderley de Souza


Os novos membros titulares e correspondentes da ABC foram chamados ao palco para receber seus diplomas pelos Acadêmicos Ado Jório Vasconcelos e Virgínia Ciminelli. A Acadêmica Vanderlan Bolzani (na foto à direita) fez o discurso de boas-vindas. "Vocês ingressam na Academia em um momento muito especial, pois esta instituição celebra 100 anos de sua criação", comentou. "Ao longo de sua trajetória, a ABC foi protagonista de ações para promover a ciência, tecnologia, inovação e educação. Dar continuidade a esse legado é tarefa dos novos e bem-vindos colegas Acadêmicos. Caberá a vocês a missão de apontar os caminhos para o país nas suas áreas de competência."

Vanderlan também mencionou o falso embate entre ciência básica e aplicada, afirmando que as pesquisas básicas sedimentam a base para o mundo tecnológico, e se dirigiu especialmente às mulheres cientistas: "Hoje, não obstante o horizonte cheio de oportunidades para as mulheres, somos apenas 30% da ciência mundial. Mesmo com o trabalho incansável de Jacob Palis, só cerca de 15% dos Acadêmicos são mulheres, então devemos mudar esse cenário." Confira o discurso completo de Vanderlan Bolzani.

Patrícia Rocco, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), falou em nome dos Acadêmicos empossados. Ela disse sentir-se honrada por tornar-se membro da ABC: "Cada um tem a sua história. No entanto, todos têm um denominador comum: a responsabilidade de ser membro titular desta casa. Entendemos que a ciência deve ser universal, sem fronteiras ou vontades pessoais. Somos curiosos, buscamos conhecimentos, mas somos responsáveis por melhorar a vida humana e temos que estar atentos para que nosso trabalho modifique a história. Somente com trabalho, educação e muita ciência, mudaremos nossa sociedade." Veja aqui o discurso completo de Patrícia Rocco.

Durante o evento, também foi entregue por Jacob Palis o diploma de membro institucional à Finep, na pessoa de seu presidente, o Acadêmico Wanderley de Souza. A Finep passou a fazer parte do rol de membros institucionais em 2015. Atualmente, a lista também inclui o Banco Itaú, o Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), a Faperj, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg), a Fundação Conrado Wessel (FCW), a Vale, a BG Brasil e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI).

Medalha Henrique Morize homenageia Américo Fialdini Jr.

Jacob Palis, que deixou o cargo de presidente da ABC naquela noite, agradeceu o apoio de todos que o auxiliaram ao longo dos nove anos à frente da instituição. "Creio deixar, com a ajuda de muitos, uma Academia mais moderna e com presença nacional para o novo presidente."  Veja aqui a matéria sobre a transmissão do cargo de presidente para Luiz Davidovich.

Palis citou algumas das conquistas de sua gestão e fez questão de agradecer especialmente ao diretor-presidente da FCW, Américo Fialdini Jr., membro colaborador da ABC, a quem entregou a Medalha Henrique Morize.

A Medalha Henrique Morize foi criada em 2014 com o propósito de homenagear indivíduos ou instituições que realizem ou tenham realizado contribuições expressivas para a Academia Brasileira de Ciências, bem como para o desenvolvimento da ciência brasileira. Até então, havia sido outorgada uma única vez, ao Acadêmico Jorge Guimarães (saiba mais aqui).

Henrique Charles Morize foi o primeiro presidente da Academia Brasileira de Ciências e se manteve na função por dez anos, sendo posteriormente eleito Presidente de Honra e Membro Benemérito. Ficou conhecido como o fundador da física experimental brasileira e foi diretor do Observatório Nacional, professor catedrático de física na Escola Politécnica, membro do Clube de Engenharia e de várias outras sociedades brasileiras, francesas, americanas e italianas.

A ministra de CT&I, Emilia Curi, ressaltou o quanto é importante a integração da ABC e do MCTI, especialmente em um momento de crise. "Na minha experiência de 32 anos de governo, pela primeira vez vejo o país em uma situação crítica. Não será fácil. Mas há necessidade de o país se desenvolver em educação, ciência e tecnologia. E nós temos um potencial de orgulho."

Luiz Curi, presidente do Inep, lembrou que a aproximação entre a ciência e a educação não é trivial. "Temos que aproximá-las e manter um equilíbrio consistente para que o país possa se desenvolver. Não é possível fazer uma política nacional sem CT&I." Ele também defendeu que o MEC dê mais atenção à pós-graduação no Brasil. "A preocupação essencial com o ensino superior é com a graduação, e isso não faz bem."

Paulo Artaxo ganha Prêmio Almirante Álvaro Alberto

A noite também foi marcada pela entrega do Prêmio Almirante Álvaro Alberto, concedido pelo CNPq. A edição de 2016 agraciou, na categoria de Ciências Exatas, da Terra e Engenharias, o Acadêmico e Professor Titular do Departamento de Física Aplicada do Instituto de Física da Universidade de São Paulo (USP), Paulo Eduardo Artaxo Netto.

Artaxo (na foto ao lado, cumprimentando o presidente do CNPq, Hernan Chaimovich) graduou-se em física pela USP em 1977, onde também fez o mestrado em física nuclear e o doutorado em física atmosférica. Trabalhou na NASA (EUA), nas Universidades de Antuérpia (Bélgica), Lund (Suécia) e Harvard (EUA). Atua na área de física aplicada a problemas ambientais, pesquisando principalmente mudanças climáticas globais, meio ambiente na Amazônia, física de aerossóis atmosféricos e poluição do ar urbano.

Bolsista de Produtividade em Pesquisa 1A do CNPq, Artaxo figurou, recentemente, na lista dos "mais brilhantes" cientistas em todo o mundo, divulgada pela Thomson Reuters no relatório The World's Most Influential Scientific Minds 2015.

Artaxo falou sobre as mudanças climáticas, o maior desafio confrontado pela humanidade até o momento, porque coloca em risco o futuro do planeta. "Precisamos de ciência de qualidade para enfrentar adequadamente esse processo, que já está em curso, causando fortes impactos. O sistema socioeconômico fundamentado no lucro a qualquer preço é incompatível com a sustentabilidade do planeta. Ou agimos com celeridade ou nossos filhos, netos e mais de dez bilhões de pessoas viverão em um clima muito mais inóspito, com importantes implicações socioambientais." Confira seu discurso completo aqui.

Também foram agraciados os oito ganhadores do título de Pesquisador Emérito e oferecida a Menção Especial de Agradecimentos a uma instituição que se destacou na parceria com o CNPq pelo desenvolvimento científico e tecnológico do país. Os pesquisadores eméritos são: Reynaldo Luiz Victoria (USP), Gerhard Malnic (USP) Durval Rosa Borges (Unifesp), Carol Hollingworth Collins (Unicamp), José Renato Coury (UFScar), Maria Lígia Coelho Prado (USP), Tânia Maria Dietrichs Fischer (UFB) e Silviano Santiago (UFMG). Já a Menção Especial de Agradecimento foi entregue ao Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

O Almirante-de-Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira afirmou que a Marinha muito se orgulha da parceria na concessão do prêmio e na cerimônia de posse dos novos Acadêmicos, especialmente no ano em que a ABC celebra o seu centenário. Hernan Chaimovich, presidente do CNPq, afirmou que o impacto do trabalho de Artaxo começou a ser reconhecido tardiamente, "porque cientistas que olham além da pequena coisa para ver o mundo com essa competência são inicialmente rejeitados pela comunidade cientifica conservadora". "Mas hoje, sua premiação faz essa Academia, o CNPq, o MCTI, a Marinha do Brasil e a Fundação Conrado Wessel muito orgulhosos."


Os Acadêmicos empossados com as autoridades. Ao centro, o ex e o novo presidente da ABC, Jacob Palis e Luiz Davidovich


Confira a lista dos novos membros eleitos:

MEMBROS TITULARES

Ciências Matemáticas

Pavel Zalesski (UnB)
João Marcos Bezerra do Ó (UFPB)

Ciências Físicas

Anderson Stevens Leonidas Gomes (UFPE)
Douglas Soares Galvão (Unicamp)
Yan Levin (UFRGS)

Ciências Químicas

Ernesto Rafael Gonzalez (USP)
Hugo Alejandro Gallardo Olmedo (UFSC)
Joaquim de Araújo Nóbrega (UFSCar)
Sidney José Lima Ribeiro (Unesp)

Ciências da Terra

Tercio Ambrizzi (USP)

Ciências Biológicas

Maria Rita dos Santos e Passos Bueno (USP)
Angela Terezinha de Souza Wyse (UFRGS)

Ciências Biomédicas

Jeffrey Jon Shaw (USP)
Patricia Rieken Macêdo Rocco (UFRJ)

Ciências da Saúde

Bruce Bartholow Duncan (UFRGS)

Ciências Agrárias

Rogerio Margis (UFRGS)
Vasco Ariston de Carvalho Azevedo (UFMG)

Ciências da Engenharia

Luiz Pereira Calôba (UFRJ)
Valder Steffen Junior (UFU)

Ciências Sociais

Marilda Antonia de Oliveira Sotomayor (USP)
Nadya Araujo Guimarães (USP)

 

MEMBROS CORRESPONDENTES

Donald Fred Towsley
University of Massachusetts Amherst, EUA

Luís António Ferreira Martins Dias Carlos
Universidade de Aveiro, Portugal

Mikhail Lyubich
Universidade de Toronto/Universidade de Stony Brook, EUA

Thomas Leon Blundell
Universidade de Cambridge, Reino Unido

Tieniu Tan
Academia Chinesa de Ciências, China

Zhonghe Zhou
Academia Chinesa de Ciências, China

Kwadwo Osseo Asare
Penn State University, EUA

(Clarice Cudischevitch para NABC)



Cadastre-se para receber
as Notícias da ABC:



Arquivo de notícias


 

Notícias anteriores TESTE


webTexto é um sistema online da Calepino