Português > Notícias > Visão interdisciplinar dos avanços e perspectivas da ciência


Visão interdisciplinar dos avanços e perspectivas da ciência

  • Compartilhe:

Publicado em 13/12/2013

Com coordenação geral do Acadêmico Fernando Garcia Mello, a oitava edição da conferência Avanços e Perspectiva da Ciência no Brasil, América Latina e Caribe inaugurou um novo formato de reunião, resguardando, por outro lado, seu caráter interdisciplinar e de interação entre diferentes gerações de pesquisadores. O contato de áreas do conhecimento que, à primeira vista, parecem muito distintas segue o entendimento de que há um enorme potencial no diálogo entre diferentes disciplinas. Indo além, pode-se ainda observar que é desta interdisciplinaridade que têm surgido, nos últimos anos, as mais interessantes e promissoras inovações. Por fim, o terceiro viés do evento é aproximar a comunidade científica das autoridades responsáveis pelo fomento à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) no país.

Seguindo a dinâmica proposta pelos organizadores, cada painel contou com um coordenador de área. A sessão de ciências matemáticas, por exemplo, foi responsabilidade do presidente da ABC. Pesquisador titular do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa) desde 1971, Jacob Palis  escolheu três palestrantes do IMPA e dois da Universidade de São Paulo (USP), um deles para uma conferência especial. Carlos Gustavo Moreira falou sobre Geometria fractal, dinâmica e aritmética: o espectro de Lagrange; Vladas Sidoravicius sobre Continuidade de Transições de Fase para Modelos de Mecânica Estatística; Mikhail Belolipetski, em inglês, tratou dos Hyperbolic crystallographic groups; e José Cuminato, por sua vez, do CEPID-CeMAI: um centro de apoio às ciências matemáticas aplicadas à indústria. Já o tema da conferência de Antônio Galves foi: Problemas que a neurociência sugere para a matemática.


Jacob Palis, matemático e presidente da ABC

A parte de ciências da engenharia teve coordenação do também Acadêmico Renatto Cotta, professor titular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Os palestrantes da sessão foram Gherhardt Ribatski, da USP (A dissipação de elevadas taxas de calor no contexto de desenvolvimento de tecnologias emergentes); Heraldo Costa Mattos, da Universidade Federal Fluminense (Pesquisa Básica e Aplicada em Termodinâmica dos Materiais Inelásticos); Gloria Frontini, da Universidad Nacional Mar del Plata (Análisis y solución de problemas inversos para la evaluación no destructiva); e Luiz Otávio Ferreira, da Universidade Estadual de Campinas (Da biologia à nanoengenharia com sistemas multiescala). A conferência do painel foi ministrada por Luiz Bevilacqua , professor emérito da Coppe/UFRJ e membro titular da ABC, cuja fala tratou do cientista como profissão.


Renato Cotta , Acadêmico e professor titular da UFRJ

A reunião ainda contou com paineis de ciências biomédicas, biológicas e agrárias. Seus coordenadores foram, respectivamente, os Acadêmicos Vivaldo Moura Neto , Luiz Drude de Lacerda  e Paulo Arruda . Para finalizar o evento, o Acadêmico Sérgio Mascarenhas ministrou a conferência de encerramento Engenharia de Sistemas Complexos para o século 21.


(Ascom ABC)



webTexto é um sistema online da Calepino