Português > Notícias > Simpósio e diplomação dos Membros Afiliados da ABC / NE & ES


Simpósio e diplomação dos Membros Afiliados da ABC / NE & ES

  • Compartilhe:

Publicado em 15/09/2012

O simpósio e a cerimônia de diplomação dos novos Membros Afiliados da Vice Presidência da ABC do Nordeste e Espírito Santo foi realizada no auditório da Reitoria da Universidade Federal do Ceará (UFC), em Fortaleza, no dia 4 de junho de 2012. O evento reuniu os eleitos em 2010 e 2011.


Gil de Aquino, Cid Bartolomeu de Araújo , Jacob Palis , Ari Campos,
Haroldo Rodrigues, Jader de Moraes e Simone Silva Sá Rodrigues

A mesa foi composta pelo vice-reitor da UFC Ari Campos; o presidente da ABC Jacob Palis; pelo presidente da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (Funcap), Haroldo Rodrigues; o vice-presidente regional da ABC para o Nordeste e Espírito Santo, Cid Bartolomeu de Araújo; o pró-reitor de Pós-Graduação e Pesquisa da UFC, Gil de Aquino; o presidente da Academia Cearense de Ciências, Jader de Moraes; e a diretora do Centro de Ciências da UFC, Simone Silva Sá Rodrigues.
O vice-reitor Campos abriu o evento, declarando-se feliz por compartilhar este momento de renovação da Academia. O pró-reitor Aquino destacou a importância da compreensão, por parte da sociedade, da importância da ciência, tecnologia e inovação (CT&I) para o desenvolvimento dos estados modernos. "Para que a economia do conhecimento possa realmente ter impacto na sociedade, porém, é preciso rever os padrões dos financiamentos e do apoio a CT&I."

Jacob Palis destacou a necessidade de que haja mais Membros Titulares no Nordeste e instou os Acadêmicos dessa região para que indiquem bons candidatos. "Isso é que vai contribuir para alcançar a diversidade regional almejada pela ABC, respeitando os critérios de excelência". Palis destacou ainda a questão da participação das mulheres na Academia: em quatro anos, esse índice passou de 7% para 12,5%. "E esse aumento se deu também mantendo rigorosamente os critérios de qualidade". A busca da diversidade regional também se reflete na criação da categoria de Membros Afiliados, que levou a ABC a atuar efetivamente em todas as regiões do país, com a indicação anual de um número igual de jovens de excelência em cada uma delas. "Nessa categoria de jovens, o índice de mulheres é de 26%", ressaltou o presidente.

Cid Araújo comentou que, embora a ABC tenha sido fundada em 1916, ela não aparecia muito nem para a comunidade científica. "Nos últimos anos ela ganhou visibilidade entre a comunidade, especificamente nos últimos cinco anos, com a categoria de Membros Afiliados". Em sua opinião a criação dessa categoria trouxe uma contribuição diferente, aproximou a juventude da ABC de forma que futuramente possa haver uma renovação dos Membros Titulares.

Com relação à descentralização originada com essa proposta, Araújo acha que ainda pode melhorar. "Dentro de cada região a ABC ainda está muito ligada à instituição a que pertence o vice-presidente regional. Eu, no caso, sou da Universidade Federal de Pernambuco, então os simpósios e as diplomações têm sido feitas aqui. Agora precisamos diversificar, descentralizar regionalmente e fazermos a cerimônia em outros estados, como estamos esse ano fazendo no Ceará, com o apoio dos Acadêmicos João Lucas Marques Barbosa  e Jorge Herbert Soares de Lira". Araújo observou que este ano foi eleito o primeiro Afiliado do Rio Grande do Norte. "Queremos mais. Como os Afiliados são indicados pelos Titulares, acabam ficando restrito aos estados em que há Titulares - no caso do Nordeste, na Bahia, Pernambuco e Ceará."

Representando os grupos de Afiliados

O matemático da Universidade Federal do Ceará (UFC) Eduardo Teixeira fez o discurso de "despedida" em nome do grupo eleito para o período de 2008 a 2012, dizendo que todos esperam voltar em breve como Membros Titulares. Ele destacou o acerto das indicações, dado que todos os quatro Afiliados da UFC são coordenadores das pós-graduações das suas respectivas áreas.

Gisele Olímpio da Rocha , química da Universidade Federal da Bahia (UFBA) falou em nome dos nove novos - pois o evento reuniu os Afiliados de dois grupos, os indicados para o período de 2011 a 2015 e os de 2012 a 2016. Ela observou que o ano em que o mandato de seu grupo termina será correspondente aos cem anos da ABC (2016), "uma data histórica estimulante". Em nome do grupo, afirmou que todos esperam corresponder à expectativa que a Academia depositou neles ao convidá-los para integrar seus quadros e agradeceu a confiança e a oportunidade.

O Acadêmico e matemático Joao Lucas Barbosa encerrou essa parte da cerimônia agradecendo especialmente ao Afiliado Jorge Herbert de Lira, "que deu a ideia de fazer o evento em Fortaleza e começou a mobilização" e ao Afiliado Eduardo Teixeira que colaborou muito com a organização do encontro. Agradeceu ainda à Universidade Federal do Ceará, que recebeu muito bem a proposta e ainda contribuiu com a hospedagem dos convidados de fora do estado e ao Prof. Jacob Palis, "pelo esforço da presença."

Após a cerimônia de diplomação, os novos Afiliados apresentaram seus trabalhos de pesquisa. O físico da UFC Antonio Gomes de Souza Filho , que atua na área de Física da Matéria Condensada com ênfase em propriedades eletrônicas e vibracionais de nanomateriais, falou sobre nanoestruturas de carbono. A bióloga Camila Indiani de Oliveira , do Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz/Fiocruz da Bahia, discorreu sobre pesquisa básica e aplicada na leishmaniose.


Antonio Gomes de Souza Fº, LeonardoTeixeira, Gisele Rocha, Mirco Solé ,
Daniel Pellegrino, Camila Indiani, Edilson Falcão, Severino Alves Jr. 

Gisele Rocha, que atua na área de Química, com ênfase em análise de traços e química ambiental, química atmosférica e também em química de alimentos, falou sobre "Caracterização de Partículas Atmosféricas Fracionadas por Tamanho". O matemático da Universidade Federal da Paraíba Daniel Marinho Pellegrino  tem interesse especial em Análise Funcional e divulgação científica - principalmente relacionada à Teoria dos Números. Sua principal área de atuação e pesquisa é a Análise Funcional e sua palestra intitulou-se "Como crescem as constantes da Desigualdade de Bohnenblust—Hille?"

Edilson Lucena Falcão Filho , físico da UFPE, trabalha com Ótica Não Linear e Lasers e fez sua apresentação sobre "Geração de Altos Harmônicos e Espectroscopia no Ultravioleta Extremo". O biólogo Mirco Solé, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), atua em Zoologia, Ecologia e Conservação da Biodiversidade e tratou, em sua apresentação, do futuro incerto dos anfíbios brasileiros perante as mudanças climáticas. O químico Leonardo Sena Gomes Teixeira , da UFBA, Ciências Químicas (UFBA), da área de Química Analítica, se dedica principalmente a combustíveis, espectrometria e determinação de metais. Sua palestra intitulou-se "Métodos alternativos para determinação de contaminantes inorgânicos em combustíveis automotivos".

O químico da UFPE Severino Alves Jr., atua em luminescência de complexos com íons lantanídeos, síntese de supramoléculas, marcadores fotônicos para o diagnóstico auxiliar de câncer de mama e próstata, carreadores de fármacos e síntese de redes de coordenação e fez sua apresentação sobre "BSTR: 39 anos na vanguarda da química de coordenação". Adrian Antonio Garda , biólogo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), não pôde comparecer à cerimônia. Ele tem experiência na área de sistemática, ecologia e biogeografia, com ênfase em anfíbios.

Ao final, o presidente da ABC e proeminente matemático Jacob Palis proferiu uma Palestra Magna sobre Sistemas Complexos, bastante concorrida pelos estudantes de matemática da UFC.

Conheça melhor os jovens Membros Afiliados da ABC da Região Nordeste & Espírito Santo nas matérias a seguir:

2011/2012

Adrian Antonio Garda
Unindo a sistemática e a taxonomia à ecologia, biogeografia e evolução

Daniel Marinho Pellegrino
Paixão por desvendar os mistérios da matemática

Edilson Falcão Filho
Usando a luz como instrumento de investigação científica

Leonardo Sena Gomes Teixeira
Compromisso entre a pesquisa e a sociedade

Mirco Solé
’No meu quintal na Bahia tem mais espécies do que em toda a Alemanha’

2010/2011

Antônio Gomes de Souza Filho
Infância ajudando na roça e doutorado no MIT

Camila Indiani de Oliveira
Estudando a interação parasita-hospedeiro

Gisele Olímpio da Rocha
Estudando a química atmosférica

Severino Alves Júnior
Da indústria eletrônica ao tratamento de câncer


(Elisa Oswaldo-Cruz para as Notícias da ABC)



webTexto é um sistema online da Calepino