Português > Notícias > Programa de Águas de Ianas discute colaboração com Unesco


ABC INTERNACIONAL

Programa de Águas de Ianas discute colaboração com Unesco

  • Compartilhe:

Publicado em 2/03/2018

Nos dias 20 e 21 de fevereiro em Ipatinga, Minas Gerais, durante o seminário preparatório para o 8º Fórum Mundial da Água, a ser realizado de 18 a 23 de março, em Brasília, o Programa de Águas da Rede Interamericana de Academias de Ciências (Ianas, na sigla em inglês) realizou uma reunião de trabalho para discutir as ações já em desenvolvimento. Participaram do encontro representantes de diversas Academias de Ciências das Américas, além da assessora do Programa Hidrológico Internacional – Escritório Regional da Unesco em Montevideo, Soledad Benitez; e do oficial de projeto do Setor de Ciências Naturais - Representação da Unesco no Brasil, Massimiliano Lombardo. Pelo Brasil, estiveram presentes o Acadêmico Carlos Eduardo de Matos Bicudo  e o assessor técnico da ABC Marcos Cortesão.

O Programa Hidrológico Internacional (IHP, na sigla em inglês), vinculado à Unesco, conta com diversos grupos de trabalho, mas nenhum que foque na questão de qualidade de água. Tal lacuna motivou a Unesco a convidar Ianas a assessorá-la nessa área. A reunião de Ipatinga foi um primeiro passo para se estabelecer esta parceria.

O Programa de Águas de Ianas colabora há alguns anos com o IHP, que já financiou os livros “Diagnóstico das Águas nas Américas” e “Desafios da Gestão de Águas Urbanas nas Américas” – disponíveis em aqui. Na reunião, duas novas publicações – “Qualidade da Água nas Américas” e “Águas no Caribe” –, em estágio de preparação, foram discutidas.

Ainda no encontro, foi feito um relato sobre a sessão “Gestão de Águas Urbanas nas Américas”, que será realizada pela ABC e Ianas no Fórum Mundial da Água, no dia 21 de março. Esta atividade será coordenada pelo Acadêmico José Galizia Tundisi  e contará com a participação da diretora do Setor de Ciências da Água da Unesco, Blanca Jiménez; além dos representantes das Academias de Ciências da Nicarágua, Peru e Venezuela no Programa de Águas de Ianas, Katherine Vammen, Nicole Bernex e Ernesto González, respectivamente.

Também foi discutido um projeto, que pode vir a ser apoiado pela Unesco, que visa a capacitação de gestores na área de recursos hídricos. A iniciativa tem por objetivo mobilizar pesquisadores para ajudar na redução da lacuna existente entre pesquisa e gestão de águas e estimular as Academias de Ciências a assumirem um papel mais proativo na formulação de políticas públicas na área de gestão de recursos hídricos, a partir de um maior diálogo com as agências nacionais de águas.

Um último tema discutido no encontro foi a organização da próxima reunião do Programa de Águas de Ianas, a ser realizada no Panamá, em coordenação com o 2º Fórum Aberto de Ciências da América Latina e do Caribe – Cilac 2018. O propósito de coordenar estas duas reuniões é o de estreitar a parceria de Ianas com a Unesco, uma vez que a iniciativa Cilac que conta com a participação de diversos atores regionais e nacionais, foi criada pelo Escritório Regional da Unesco para a Ciência na América Latina e no Caribe, tendo sua primeira edição sido realizada em 2016, no Uruguai.


(Marcos Cortesão para NABC)



webTexto é um sistema online da Calepino