Português > Atuação > Nacional > Grupos de Estudos > Amazônia > Reuniões > Formação, Atração e Fixação de Recursos Humanos na Amazônia


Formação, Atração e Fixação de Recursos Humanos na Amazônia

Belém, Brasil
17 de junho de 2010

Entendendo a Amazônia como uma região estratégica para o Brasil e para o planeta, a Academia Brasileira de Ciências (ABC) instituiu um Grupo de Estudos sobre a Amazônia. A partir da mobilização de alguns dos principais cientistas brasileiros que desenvolvem pesquisa na e sobre a região, este grupo produziu um documento que advoga a adoção de um novo paradigma de desenvolvimento para a Amazônia, baseado numa sólida base local de C&T, que ao mesmo tempo em que gera empregos, renda e inclusão social, seja também sustentável do ponto de vista ambiental.

Como parte deste processo, a ABC realizou diversas reuniões com atores fundamentais no cenário de C&T da Amazônia e do país, para discutir o documento "Amazônia: Desafio Brasileiro do Século XXI". Visando aprofundar e avançar sobre as reflexões acumuladas até o Simpósio "Amazônia: Desafios e Perspectivas da Integração Regional", realizado no Memorial da América Latina, nos dias 16 e 17 de novembro de 2009, em São Paulo, a ABC organizou, no período de 17-18 de junho de 2010, na Universidade Federal do Pará (UFPA), o Simpósio "Formação, Atração e Fixação de Recursos Humanos na Amazônia".

O intuito da ABC com este Simpósio foi realizar uma reflexão crítica sobre os principais gargalos e desafios para o fortalecimento do capital humano e da relação academia-empresa na região. A dinâmica do Simpósio teve por objetivo fugir das propostas de uma reunião tradicional, com apresentações de programas e ações já desenvolvidas. Desta forma, a ABC buscou suscitar um debate dinâmico, que extraiu, de cada participante, visões estratégicas que alimentaram uma tempestade de ideias sobre recursos humanos na Amazônia.




webTexto é um sistema online da Calepino