Português > Notícias > Falece a Acadêmica Bertha Becker


Falece a Acadêmica Bertha Becker

  • Compartilhe:

Publicado em 15/07/2013

É com grande pesar que a Academia Brasileira de Ciências comunica o falecimento da Acadêmica Bertha Koiffmann Becker  neste sábado, dia 13 de julho de 2013. Aos 83 anos de idade, a geógrafa - especialista em estudos na Região Amazônica - era uma das mais destacadas cientistas brasileiras, e Membro Titular da ABC desde junho de 2006.

Graduada nos cursos de geografia e história pela Universidade do Brasil, atual Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), ela obteve seu título de doutorado em geografia pela mesma instituição. Além disso, no ano de 1986, viajou aos Estados Unidos e realizou um pós-doutorado no Massachusetts Institute of Technology - Department of Urban Studies. Acadêmica era também professora emérita da UFRJ e coordenadora de um de seus laboratórios, o Laboratório de Gestão do Território (LATEG/UFRJ). Doutor Honoris Causa pela Universidade de Lyon III, foi agraciada com as medalhas David Livingstone Centenary Medal, da American Geographical Society, e Carlos Chagas Filho de Mérito Científico, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj).

Durante sua trajetória profissional, ainda atuou como consultora ad hoc de várias instituições científicas e era membro do conselho editorial de editoras nacionais e internacionais. A grande paixão de Bertha Becker pelo estudo da região amazônica a fez ficar conhecida como "A cientista da Amazônia". Tendo participado de diversos projetos de pesquisa no papel de coordenadora, a geógrafa também se envolveu na elaboração de políticas públicas para os Ministérios de Ciência, Tecnologia e Inovação, da Integração Nacional e do Meio Ambiente.

Recentemente, Bertha havia lançado um livro, []"A Urbe Amazônida"->art12776], no qual investiga o desenvolvimento e as origens da urbanização amazônica, divagando-as segundo os pensamentos de Jane Jacobs e Peter Taylor. Desse modo, é feita uma análise sobre o surgimento das cidades como dispositivo impulsionador do crescimento econômico, bem como a relação entre as cidades surgentes e as regiões centrais. A professora também estava envolvida com o projeto de um blog em que compartilhava suas obras, pensamentos e reflexões.

O presidente da ABC, Jacob Palis , em seu nome e em nome da Diretoria da ABC e seus Membros transmite à família o grande pesar pela perda da grande amiga e brilhante companheira da Academia Brasileira de Ciências, dedicada ao conhecimento da Amazônia e à busca de alternativas para a região.

O seu falecimento cria uma lacuna difícil de ser preenchida na comunidade científica brasileira e causa uma profunda perda para o país.


(Assessoria de Comunicação da ABC)



webTexto é um sistema online da Calepino