Página inicial > Membros > Acadêmicos > Celso Pinto de Melo


Celso Pinto de Melo (DE MELO, C. P.)

Ciências Físicas
Membro Titular
Ingresso em 5 de mar de 1997
Currículo
Link para a plataforma Lattes
E-mail

Celso Pinto de Melo , filho de Álvaro Quintino de Sousa Melo e Elinor Pinto Pessoa de Melo, nasceu em 1951, em João Pessoa, Paraíba. Engenheiro Químico (UFPE, 1973) e Mestre em Física (UFPE,1975, orientado pelos professores Ricardo Ferreira e Luís Carlos Miranda), é PhD em Física (Universidade da Califórnia Santa Bárbara, 1980, orientado pelo Prof. Bernard Kirtman). Professor do Departamento de Física da UFPE desde 1975, iniciou a partir de 1981 trabalhos sobre a estrutura eletrônica de polímeros condutores. Em 1986-1987 visitou o MIT (EUA), onde desenvolveu trabalhos sobre as hiperpolarizabilidades de sistemas conjugados. Após seu retorno, estabelece no Recife o Grupo de Polímeros Não-Convencionais (PNC), dedicado à investigação teórica e experimental desses materiais, envolvendo a preparação de amostras (através de técnicas como Langmuir-Blodgett) e a caracterização de suas propriedades elétricas e espectroscópicas, até a investigação da estrutura eletrônica e das propriedades ópticas de moléculas orgânicas; com isso o Grupo PNC veio a se tornar uma referência nacional na área, e alcançou destaque internacional. Desde 2002, o Prof. Celso P. de Melo é membro do International Advisory Board da International Conference on Science and Technology of Synthetic Metals (ICSM), a maior conferência internacional na área, cuja próxima edição (JUL/2008) será organizada por ele em Pernambuco.Pesquisador 1-B do CNPq, desde a década de 80 formou recursos humanos nos mais diferentes níveis (iniciação científica, 15 mestres, 10 doutores, e pós-doutoramento), e publicou mais de 90 trabalhos em periódicos, com centenas de comunicações apresentadas em conferências nacionais e internacionais. Atualmente desenvolve linhas de trabalho experimentais voltadas para preparação de amostras de polímeros condutores e multicamadas orgânicas, medida de propriedades de transporte de filmes poliméricos e sua caracterização espectroscópica e por impedância. Seus interesses em teoria envolvem o cálculo da estrutura eletrônica e das propriedades óticas de moléculas orgânicas. Trabalhos mais recentes na parte teórica são dedicados ao estudo da transferência de carga em moléculas com grupos doadores e aceitadores e a análise das condições para que tais sistemas possam ser usados como retificadores moleculares. No Grupo PNC são também desenvolvidos esforços em física aplicada, com interesse especial por diodos eletroluminescentes orgânicos (OLEDs) e sistemas orgânicos fotoativos, sensores de aroma ("narizes eletrônicos") baseados em polímeros condutores e sensores de DNA que explorem a fluorescência de nanoagregados metal/polímero.O Prof. Celso P. de Melo também tem dedicado um esforço contínuo à área de divulgação científica, tendo regularmente publicado artigos e apresentado por todo o País seminários especialmente voltados para a educação científica da população em geral. Tem também tido atuação destacada junto à Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência e à Sociedade Brasileira de Física. Durante o período 1999-2002 exerceu o cargo de Diretor do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e tem participado de diversas comissões de assessoramento do Ministério da Ciência e Tecnologia.Em 1996 foi eleito membro associado da Academia Brasileira de Ciências e, em 2002, recebeu da Presidência da República do Brasil a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico, por suas contribuições nas Ciências Físicas.




webTexto é um sistema online da Calepino