Ciência Gera Conhecimento - [ Conheça ]

Português > Notícias > 65 anos da dupla hélice do DNA


CIÊNCIA BRASILEIRA

65 anos da dupla hélice do DNA

  • Compartilhe:

Publicado em 25/04/2018

Hoje, 25 de abril, é o dia internacional do DNA. No dia 25 de abril de 1953, exatamente há 65 anos, foi publicado por James Watson e Francis Crick na revista Nature um simples artigo (na verdade uma Letter), de apenas uma página, com o título: “Uma estrutura para o ácido nucleico de desoxirribose”. A data de 25 de abril também comemora o fim do Projeto Genoma Humano, em 2003, 50 anos após a publicação da dupla hélice do DNA.

Devemos comemorar com grande júbilo o grande feito científico de Watson e Crick, ao propor a belíssima estrutura em dupla hélice do DNA (um triunfo pioneiro de modelagem!), com auxílio das imagens de refração de raios X de Maurice Wilkins (que dividiu o Prêmio Nobel de Medicina com Watson e Crick em 1962) e de Rosalind Franklin (que não pode ser nomeada no Nobel por já estar falecida em 1962).

Entretanto eu gostaria de aqui colocar o foco não na descoberta, mas no artigo em si. Para nós, cientistas, que passamos a vida publicando (ou tentando publicar...) nossos achados em periódicos de bom impacto internacional é reconfortante e estimulante ver que um artigo científico pode ter poder revolucionário. Darwin fez uma revolução no século XIX com um livro. Watson e Crick fizeram uma revolução no século XX com uma única página.

O artigo inicia modestamente: “We wish to suggest a structure for the salt of deoxyribose nucleic acid (D.N.A,). This structure has novel features which are of considerable biological interest”. Entretanto, termina com a força de 100 Megatons: “It has not escaped our notice that the specific pairing we have postulated immediately suggests a possible copying mechanism for the genetic material.”

O pontapé inicial havia sido dado. O gene, antes uma entidade abstrata, se tornou uma entidade química. A biologia e a medicina se uniram. Veio à luz uma nova área de atuação: a biologia molecular, trazendo a reboque uma nova comunidade científica. Desde 1953 foram comunidade respondeu e o que aconteceu imediatamente foi uma enxurrada de descobertas fantásticas que trouxeram a reboque nada menos que 26 Prêmios Nobel em Medicina ou em Química que listamos no anexo que se segue.

Para os aficionados da cientometria, o artigo de Watson e Crick foi citado 6.541 vezes de acordo com o ISI Web of Science. O artigo puramente técnico “Protein measurement with the Folin phenol reagent” de Oliver Lowry, publicado em 1951 no JBC, já foi citado 333.853 vezes. Obviamente, o número de citações não é capaz de medir revoluções científicas!

Lista dos 26 Prêmios Nobel de Biologia Molecular a partir de 1953
(clique no prêmio para acessar mais detalhes)

1)Prêmio Nobel de Química 1954
Linus Carl Pauling
"Por sua pesquisa sobre a natureza das ligações químicas e sua aplicação na elucidação de estruturas de substâncias complexas."

2)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1958
George Wells Beadle e Edward Lawrie Tatum
"Pela descoberta de que genes atuam na regulação de eventos químicos definitivos."

3)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1959
Severo Ochoa e Arthur Kornberg

4)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1962
Francis Harry Compton Crick, James Dewey Watson e Maurice Hugh Frederick Wilkins
"Pelas descobertas relativas à estrutura molecular dos ácidos nucleicos e sua importância para transmissão de informação em material vivo."
"Pela descoberta de mecanismos na síntese biológica do ácido ribonucleico e ácido deoxyribonucleico."

5)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1965
François Jacob, André Lwoff e Jacques Monod
"Pelas descobertas relativas ao controle genético de enzimas e síntese de vírus."

6)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1968
Robert W. Holley, Har Gobind Khorana e Marshall W. Nirenberg
"Pela interpretação do código genético e suas funções na síntese de proteínas."

7)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1969
Max Delbrück, Alfred D. Hershey e Salvador E. Luria
"Pelas descobertas concernendo o mecanismo de replicação e a estrutura genética de vírus."

8)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1975
David Baltimore, Renato Dulbecco e Howard Martin Temin
"Pelas descobertas relativas à interação entre vírus tumorais e o material genético das células."

9)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1978
Werner Arber, Daniel Nathans e Hamilton O. Smith
"Pela descoberta da restrição de enzimas e sua aplicação aos problemas da genética molecular."

10)Prêmio Nobel de Química 1980
Paul Berg
"Por seus estudos fundamentais da bioquímica dos ácidos nucleicos, com particular relação do DNA recombinante."

11)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1983
Barbara McClintock
"Por sua descoberta dos elementos genéticos móveis."

12)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1987
Susumu Tonegawa
"Por sua descoberta do princípio genético para geração de diversidade de anticorpos."

13)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1989
J. Michael Bishop e Harold E. Varmus
"Por suas descobertas sobre origem celular dos oncogenes retrovirais."

14)Prêmio Nobel de Química 1989
Sidney Altman e Thomas R. Cech
"Por suas descobertas das propriedades catalísticas de RNA."

15)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1993
Richard J. Roberts e Phillip A. Sharp
"Por suas descobertas de genes duplicados."

16)Prêmio Nobel de Química 1993
Kary B. Mullis e Michael Smith
"Por sua invenção do método de reação de corrente de polimerase"
"Por sua fundamental contribuição para o estabelecimento das bases de oligonucleotideos, mutagenese direcionada e sua contribuição para o estudo de proteínas."

17)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1995
Edward B. Lewis, Christiane Nüsslein-Volhard e Eric F. Wieschaus
"Por suas descobertas relativas ao controle genético do desenvolvimento embrionário precoce."

18)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1997
Stanley B. Prusiner
"Por suas descobertasdos Prions - um novo princípio biológico de infecção."

19)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1999
Günter Blobel
"Pela descoberta de que proteínas têm sinais intrínsecos que governam seu transporte e localização nas células."

20)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 2001
Leland H. Hartwell, Tim Hunt e Sir Paul M. Nurse
"Por suas descobertas nas chaves regulatórias do ciclo celular."

21)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 2002
Sydney Brenner, H. Robert Horvitz e John E. Sulston
"Por suas descobertas relativas à regulação genética do desenvolvimento orgânico e morte programada celular."

22)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 2006
Andrew Z. Fire e Craig C. Mello
"Por suas descobertas de interferência de RNA - silenciamento de genes."

23)Prêmio Nobel de Química 2006
Roger D. Kornberg
"Por seus estudos de base molecular de transcrição eucariótica."

24)Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina 2009
Elizabeth H. Blackburn, Carol W. Greider e Jack W. Szostak
"Pela descoberta de como cromossomos são protegidos por telómeros e a enzima telomerase."

25)Prêmio Nobel de Química 2009
Venkatraman Ramakrishnan, Thomas A. Steitz e Ada E. Yonath
"Pelos estudos de estrutura e funções dos ribossomos"

26)Prêmio Nobel de Química 2015
Tomas Lindahl, Paul Modrich e Aziz Sancar
"Pelos estudos mecânicos de reparação de DNA"


(Sergio Pena  para NABC)



webTexto é um sistema online da Calepino