Reuniões

Simpósio Interrelações Oceano-Continente no Cenário das Mudanças Globais

Já de alguns anos a Ciência do Mar no Brasil tem desenvolvido pesquisa de alto nível nas regiões costeiras e de plataforma. Em que pese o crescimento e fortalecimento da pesquisa nessas regiões, o país ainda carece de uma base científica mais sólida no que concerne aos processos oceânicos em grande escala. Como é sabido, as relações oceano-continente desempenham um papel fundamental nas mudanças globais, mas essas relações são ainda pouco entendidas.

Buscando contribuir para um olhar da Ciência brasileira para essa temática, a Academia Brasileira de Ciências promoveu, nos dias 2 e 3 de outubro, o simpósio "Interrelações Oceano-Continente no Cenário das Mudanças Globais". O primeiro dia do evento foi dedicado à discussão de processos e teleconexões oceânicas, sendo a manhã do segundo dia dedicada a uma análise crítica da participação brasileira em iniciativas internacionais de pesquisa e monitoramento oceânico. Na parte da tarde do dia 3, foi realizada uma reunião de trabalho, onde foi produzido um relatório síntese das discussões, apresentando as recomendações do encontro.

Coordenado pelo Acadêmico Luiz Drude de Lacerda , o simpósio reuniu especialistas de diversas universidades e institutos de pesquisa brasileiros, bem como da Argentina e Suécia. Ao longo dos dois dias de discussão, em torno de 100 pessoas participaram dos debates.




webTexto é um sistema online da Calepino