Reuniões

Simpósio Recursos Hídricos na Região Sudeste: Segurança Hídrica, Riscos, Impactos e Soluções

A sociedade brasileira tem acompanhado pela mídia o debate sobre a escassez de água que assola a região sudeste do Brasil. Tratado como disputa entre o Rio de Janeiro e São Paulo, a polêmica estabelecida na imprensa não aborda o problema com a profundidade que a complexidade da questão demanda. Visando contribuir para jogar uma luz sobre esta discussão, a Academia Brasileira de Ciências promoveu, nos dias 20 e 21 de novembro, o Simpósio "Recursos Hídricos na Região Sudeste: Segurança Hídrica, Riscos, Impactos e Soluções", no Auditório Alcides Ribeiro Teixeira, do Instituto de Botânica de São Paulo.

Após uma contextualização do problema no cenário global e nacional, o simpósio apresentou um diagnóstico conciso e preciso a respeito da situação hídrica no Sudeste do Brasil, observando tanto o cenário de curto prazo, impactado pela intensa seca de 2014, como as perspectivas de médio e longo prazos.

A partir da caracterização de cenários de mudanças climáticas, de usos múltiplos e de níveis de demanda, estabeleceu-se um conjunto de recomendações para soluções estruturais (engenharias, transposições, saneamento, etc.) e não estruturais (educação, redução do consumo, reuso, mobilização, serviços ecossistêmicos, etc.) do problema. É nosso intuito que este esforço contribua para que os governos e a sociedade possam traçar políticas e pautar suas decisões sobre como enfrentar o atual quadro de estresse hídrico, com base em dados objetivos e informações cientificamente fundamentadas.




webTexto é um sistema online da Calepino