“Que em um futuro próximo tenhamos um Brasil mais próximo de um mundo sustentável”. Essa foi a fala do Acadêmico Edson Watanabe que deu início à Reunião Magna 2019. O evento foi realizado entre os dias 14 e 16 de maio, no Museu do Amanhã, e abordou os “17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs)”, definidos pela Organização das Nações Unidas. Watanabe, que foi o coordenador da Reunião, ainda enfatizou que todos os ODSs são importantes e precisam ser seguidos.

O presidente da Academia Brasileira de Ciências, Luiz Davidovich, também participou da Cerimônia de Abertura, e explicou que a Reunião ocorre anualmente, sempre com um tema relevante, de impacto social e científico. Em 2018, por exemplo, renomados cientistas do Brasil e do exterior debateram os avanços tecnológicos em curso, as perspectivas da ciência para as diversas áreas e seus possíveis impactos na sociedade. Davidovich aproveitou o momento para agradecer a todos os participantes pela presença e ao Acadêmico Edson Watanabe por ter coordenado a Reunião.

Em 2019, o evento foi dividido em seis sessões plenárias, que abordaram de dois a três ODSs, e seis conferências magnas. Participaram 16 palestrantes brasileiros, um uruguaio, uma finlandesa, um português, três norte-americanos, uma australiana e uma holandesa. Além disso, também foi realizada a sessão especial da Academia Mundial de Ciências (TWAS, na sigla em inglês) e da Rede InterAmericana de Academias de Ciências (Ianas, na sigla em inglês). Nela, a colombiana Karina Caballero Gallardo apresentou sua pesquisa como vencedora do Prêmio Anneke Levelt Sengers 2018.

Por fim, foi lançado o terceiro vídeo do projeto “Ciência Gera Desenvolvimento”, que abordou a história do médico Marcos Luiz dos Mares Guia, o responsável por desenvolver o método que gera a insulina humana e faz do Brasil o líder dessa produção, até hoje. O maior objetivo do projeto é conscientizar a população em geral sobre a importância do investimento em produção científica e seus impactos na economia e na sociedade. Assista o vídeo abaixo: